domingo , 18 agosto 2019
Início / Policiais / Cigarros contrabandeados em Vargem Grande
Caixas de cigarros apreendidas

Cigarros contrabandeados em Vargem Grande

A Polícia Militar de Vargem Grande do Sul apreendeu quase 29 mil maços de cigarros contrabandeados, oriundos do Paraguai, em uma padaria localizada na avenida Santa Terezinha, no bairro Santa Terezinha, naquela cidade, na tarde de 13 de março. A apreensão aconteceu após uma denúncia.

O proprietário do estabelecimento comercial foi preso por contrabandear cigarros do Paraguai e encaminhado, junto com a mercadoria apreendida, à Delegacia da Polícia Federal em Campinas. O homem não estava na padaria, mas foi preso enquanto participava de um culto.

Os policiais militares compareceram à padaria e encontraram uma funcionária e a filha do proprietário, que foram informadas acerca da denúncia de que no local eram vendidos maços de cigarros contrabandeados. Eles realizaram buscas e, embaixo do balcão, localizaram 84 maços de cigarro, de marcas variadas, e dois pacotes fechados contendo dez maços em cada.

Segundo a PM, as mulheres ficaram nervosas, especialmente quando os policiais perguntaram se havia mais cigarros contrabandeados na padaria. Na sequência, em um cômodo nos fundos, os PMs encontraram 12 caixas grandes com 50 pacotes. Dentro de um banheiro, os policiais localizaram 43 caixas semelhantes e 112 pacotes de cigarros de marcas variadas, todos contrabandeados. Na cozinha, dentro de um armário, encontraram mais 26 pacotes. Toda a mercadoria e o dono da padaria foram apresentados à Polícia Federal na cidade de Campinas, onde o delegado federal indiciou o autor no Crime de Contrabando.

No total, a apreensão contabilizou a quantia de 28.984 maços de cigarros, que ficaram também apreendidos pela Polícia Federal. Lá mesmo em outra apreensão, o  último contraventor que foi preso com a mesma quantidade de cigarros contrabandeados teria pago cerca de R$ 1,5 milhão de fiança criminal para responder ao processo em liberdade.

           Perua com caixas de cigarros contrabandeados

Confira também

Policiais visitam escola rural que ainda não tem o Proerd

Sargento Renato e cabo Marta conversaram com as crianças da fazenda Santa Amélia sobre drogas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *