quinta-feira , 1 outubro 2020
Início / Agricultura / Milho tem produtividade de 150 sacas por hectare em São José do Rio Pardo
( Imagem ilustrativa da internet) Preço da saca do milho está alto e produtores rio-pardenses estão tendo lucro

Milho tem produtividade de 150 sacas por hectare em São José do Rio Pardo

Mas a área de plantio das demais culturas caiu 40%, exceto do trigo, que permanece em 200 hectares

Rodrigo Vieira de Moraes, zootecnista da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), fez uma sondagem da agricultura e agropecuária em São José do Rio Pardo durante os últimos meses, desde que a pandemia se iniciou. Um dos destaques do balanço é a produção e qualidade do milho rio-pardense.

“As lavouras de milho em São José do Rio Pardo tiveram uma produtividade média de 150 sacas por hectare, o que é algo muito bom. A qualidade dos grãos está ótima, e provavelmente os produtores de milho tiveram um lucro satisfatório. Como o preço da saca do milho está alto, foi bem interessante o plantio do milho padrão em São José do Rio Pardo”, comentou Rodrigo.

Bovinocultura

“Na agropecuária, na parte de bovinocultura de corte, a demanda está muito forte, para venda e exportação do gado. Isso aumentou o preço da arroba do boi no país inteiro. Então para a pecuária de corte está uma condição favorável”, comentou.

Informações de veículos especializados em agropecuária, consultados pelo jornal esta semana, mostram que o preço da arroba do boi gordo na capital de São Paulo estava entre R$ 211 a R$ 213, caindo um pouco nas demais capitais do país. Já a vaca de corte esteve com a arroba cotada a R$ 180 em média.

Cebola

“No caso da cebola, aqui em São José do Rio Pardo, os produtores tem plantado entre 300 e 400 hectares, e a condição climática está excelente, assim como as lavouras. Espera-se uma produtividade bem elevada em São José do Rio Pardo e região”, disse Rodrigo.

Área de plantio cai

“O pequeno produtor rural está com sua produção reduzida, já estava reduzida por conta das dificuldades de venda, preço, custo, e agora com o Covid tivemos uma queda de 30% a 40% da área de plantio. Além disso, o pessoal está na expectativa da venda do produto, sem saber como o consumo irá reagir nos próximos dias”, contou.

Trigo: 200 hectares

“O trigo plantado na cidade, aproximadamente 200 hectares, continua tendo uma qualidade excelente. É uma boa opção para quem quer diversificar em São José do Rio Pardo, agora no inverno”, informou.

Recomendações

“Nessa pandemia, com a situação de crise, com um futuro incerto, a recomendação da Casa da Agricultura continua a mesma. É importante que o produtor rural faça a análise de solo, uma calagem, correção do solo de forma adequada. A área que ficar parada sem produção é bom fazer um plantio de adubação verde, usando a semente adequada, de custo mais baixo, e fazer um planejamento da lavoura. É a forma mais adequada do produtor rural reduzir o prejuízo futuro”, encerrou.

Confira também

Começa a primavera e a cidade fica mais bela

Folhagens das árvores e flores mais bonitas atestam que já estamos na nova estação Ruas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *