Início / Cidade / Chocolate caseiro ajuda na renda de estudante
Karoline produz chocolate caseiro e usa renda para ajudar a pagar a faculdade

Chocolate caseiro ajuda na renda de estudante

“Estou pagando minha CNH e ajudando na mensalidade da faculdade”, diz Karoline

Karoline Silva, 20 anos, estudante de administração, sempre gostou de fazer doces caseiros e nutre um interesse por culinária. Atualmente, ela trabalha por meio período em uma loja e, quando chega em casa, passa a tarde na produção de chocolate caseiro.

“Antes de começar a vender, eu fazia sempre para os amigos, quando vinham aqui em casa. Quando fiquei desempregada, comecei a fazer chocolates para vender. A renda me ajuda bastante. Estou pagando minha carteira de motorista, além de contribuir com a mensalidade da faculdade”, relata a jovem.

Para facilitar as vendas e exibir a variedade de seus produtos, Karoline desenvolveu uma página no Facebook intitulada Delícias da Karol.

“Eu quis alcançar um público maior, aumentar a procura, por isso criei a página há um ano. Hoje em dia tudo gira em torno das redes sociais, e eu optei pelo Facebook porque consegui atingir um público grande”, explica.

A página conta com mais de 800 seguidores e curtidas.

“Um dos doces mais encomendados desde que comecei, é o cone trufado. Várias pessoas podem fazer, mas cada um tem seu diferencial. Quando o pessoal começa o trabalho de vender de porta em porta, geralmente vendem trufas, mas o cone é uma coisa diferente”, destaca a estudante.

Páscoa

Em 2018 Karoline ainda não fazia os ovos de Páscoa para vender, apenas para a família.

“Esse ano a procura está grande, como trabalho sozinha, já vou fechar os pedidos dia 30 de março. Agora vou começar a dar andamento na produção. A Páscoa já está a todo vapor. Recebi quase 100 pedidos só de ovos. Vou fazer também coelhinhos de chocolate para uma escola, a diretora vai presentear os companheiros de trabalho e alunos”, conta.

“Para quem trabalha com chocolate, a Páscoa é realmente a melhor época para lucrar. Além de outras datas comemorativas, como dia das mães, dos namorados. Mas a Páscoa é o momento certo”, prossegue.

Renda

“Doce é uma coisa que nem sempre é garantido, tem mês que você pode tirar R$1.000, outros um pouco menos. Depende muito de outras pessoas, com relação a pedidos e pagamentos. Mas às vezes consigo tirar mais que um salário mínimo. O preço dos ovos de Páscoa está entre 40 e 75 reais. Depende do peso e do tipo”, comenta Karoline.

Produtos

O cardápio de doces conta ovos de Páscoa tradicionais, trufados e de colher. Barca de chocolate com acompanhamentos, cone, trufa, bolo de pote, pirulito de chocolate, beijinho, brigadeiro e bombons de licor. Além das guloseimas, Karoline faz comida salgada para vender.

Contato

Para encomendas, o número do celular é (19) 99572-6064. Informações e consulta ao cardápio, acesse a página Delícias da Karol no Facebook.

 

  Ovo de colher recheado com Kit Kat

 

                              Barca de chocolate

 

Por Júlia Sartori

Confira também

Apenas 32% dos moradores de São José trabalham, diz o IBGE

E só 36% dos recursos utilizados na cidade são gerados no próprio município Levantamento do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *