segunda-feira , 1 março 2021
Início / Solidariedade / Advogada rio-pardense propõe a criação do projeto Doa Rio Pardo
Raquel Barbosa explicou, em vídeo, os detalhes do projeto

Advogada rio-pardense propõe a criação do projeto Doa Rio Pardo

A advogada rio-pardense Raquel Maria Celentano Barbosa Rogoschewski, que atualmente mora em Sorocaba (SP), esteve esta semana em São José do Rio Pardo para um encontro com o prefeito Márcio Zanetti e apresentou a proposta de criação no município do projeto Doa Rio Pardo. O projeto seria criado em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Inclusão Social a partir do Fundo Social de Solidariedade do município.

Raquel, filha do também advogado Ruy Barbosa, é conselheira do Movimento Nacional por uma Cultura de Doação, iniciativa que acontece no Brasil desde 2013 por meio da campanha nacional chamada #DiadeDoar (diadedoar.org.br).

Esse projeto, no entanto, nasceu nos Estados Unidos e ocorre sempre após o Dia de Ação de Graças e após o Black Friday e o Ciber Monday. A intenção do “Giving Tuesday” (Terça de Doação) nos EUA foi conscientizar a população norte-americana a gastar menos naqueles dias de alto consumo e, com isso, terem algum dinheiro ou bens para doação aos mais necessitados, entre outros objetivos. A ideia se espalhou por vários países do mundo e, no Brasil, já foi implantado em várias cidades, inclusive em Sorocaba.

Em vídeo

Após o encontro com o prefeito, Raquel gravou um vídeo no qual lembrou os objetivos principais do #DiadeDoar.

“Criou-se a terça-feira de doação na terça-feira imediata após o Black Friday e aqui no Brasil essa data é conhecida como Dia de Doar. Essa ideia se espalhou pelo país e cada cidade dá um nome próprio. A campanha onde estou envolvida é o Doa Sorocaba e a intenção é pensar na possibilidade do Doa Rio Pardo”, explicou.

Segundo ela, a campanha seria um momento de mobilização da cidade para causas sociais locais, incluindo limpeza de praças públicas, entre outras iniciativas. Uma das intenções do projeto é convencer empresas a aderirem à iniciativa, “fazendo com que a doação e a generosidade se espalhem por toda a cidade”.

Raquel lembra que esse é um processo lento, que se desenvolve ano após ano, mas com benefícios para toda a sociedade. “E eu, como natural daqui, ficaria muito feliz que essa campanha realmente decolasse e posso apoiar, dentro do possível, para que ela se concretize aqui”, concluiu.

Em Sorocaba


Em Sorocaba o Dia de Doação envolve a entrega de alimentos

Em Sorocaba, o projeto, desenvolvido sempre em dezembro, consegue a doação de alimento, roupa, dinheiro, trabalho, etc, além de chamar a atenção dos moradores para a necessidade de doar “carinho, alegria, sangue, esperança, bem estar e muitas outras coisas”. A proposta incentiva que cada indivíduo faça a sua doação e compartilhe nas mídias sociais do projeto, criando uma onda de esperança e ação.

Confira também

Prefeitura decretará novo pacote de restrições por 15 dias

Em reunião realizada na noite de ontem, quarta-feira (24), o comitê de enfrentamento à pandemia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *