quinta-feira , 12 dezembro 2019
Início / Regionais / Novo prefeito de Mococa avalia as finanças . Vejam esta e outras noticias regionais

Novo prefeito de Mococa avalia as finanças . Vejam esta e outras noticias regionais

Novo prefeito de Mococa avalia as finanças 

Felipe Naufel, que assumiu o cargo após renúncia do delegado, nomeou comissão
O novo prefeito de Mococa, Felipe Naufel, que assumiu o cargo no lugar do delegado Vanderlei, que pediu demissão, constituiu a Comissão Especial de Transição Financeira para avaliar a situação financeira da Prefeitura Municipal de Mococa.

O decreto é constituído por cinco nomes: Celso Roberto Assolin Martins; Ivo Luiz Bozzini Filho; Gilson Aloisio Dias; Adelmiro Modesto Alves; e Geraldo Marcelo Fernandes de Oliveira. O documento prevê que a comissão, para desempenho dos trabalhos que lhe são inerentes, poderá requisitar documentos e informações dos departamentos municipais.

A Comissão Especial de Transição Financeira terá o prazo 30 dias para a realização dos trabalhos, assim apresentando até o final do prazo o relatório ao chefe do Executivo.

O prefeito disse que uma das prioridades do seu governo é reestabelecer a confiança da Prefeitura junto aos empresários e prestadores de serviços. “Durante esses 30 dias serão realizados levantamentos para que tracemos uma estratégia que resulte no controle das contas, da renegociação com os credores e na garantia de pagamento em dia aos servidores municipais. Essa comissão é de fundamental importância para analisarmos qual a atual realidade financeira da Prefeitura de Mococa”, encerra.

 

 

Leilão de veículos em Pirassununga e São João da Boa Vista na 3ª feira

Mais de 580 veículos serão leiloados pelo Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran) na terça-feira, 30 de outubro, em Pirassununga e São João da Boa Vista. Os automóveis que vão a leilão foram retirados de circulação devido à infrações de trânsito. Em Pirassununga, 291 veículos podem ser adquiridos, sendo que 40 podem voltar a circular. Já em São João da Boa Vista, dos 291, 46 têm a possibilidade de serem regularizados.

Os lances podem ser feitos até às 10h de terça-feira. Pessoas físicas podem adquirir apenas os automóveis que têm a possibilidade de serem regularizados e é necessário ter mais de 18 anos. O pagamento deve ser feito à vista.

Os interessados que quiserem avaliar os veículos antes de fazer lances devem ir aos pátios de exposição na segunda-feira, das 8h às 16h30, e na terça-feira, das 8h às 10h. O pátio de Pirassununga fica na rua Joaquim Alves da Silva, 336, Vila Urupês. Já em São João da Boa Vista, os automóveis estarão expostos em três endereços: rua Nossa Senhora dos Anjos, 171, São Benedito; rua São Luiz, 200, Pratinha; e estrada São João-Pinhal, km 224.

Dos 582 veículos postos em leilão, 86 poderão voltar a rodar, após a regularização

 

Câmara de Águas da Prata aprova leipara controle de poluição ambiental

A pequena Águas da Prata, situada a 65 quilômetros de São José do Rio Pardo, é endereço de natureza farta, belas paisagens e tranquilidade; no entanto, não está livre dos males causados pela poluição do ar.

O fato de a cidade, de pouco mais de 8 mil habitantes, estar localizada no caminho que liga os estados de São Paulo e Minas colabora para o agravamento da emissão de gases poluentes pelos veículos que por ali passam. Além disso, há o trânsito local de veículos e máquinas rurais, movidos a diesel, que agridem ainda mais o meio.

Pensando em todos estes fatores, o vereador e presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Fabio Ferraz, propôs projeto de lei que trata do controle da poluição atmosférica por meio de avaliação da emissão e gases e fumaça preta de escapamentos dos veículos e máquinas. O projeto foi discutido e se tornou lei no mês de setembro.

De acordo com o relatório da OMS, só em 2016, foram cerca de 4,2 milhões de mortes ligadas à poluição do ar e mais de 90% delas ocorreram em países de renda baixa e média.

Para o vereador, a lei de controle de poluição do ar é um passo importante para o desenvolvimento sustentável da cidade, que afetará positivamente o morador e atrairá o turista, especialmente os das grandes cidades.

Poluição do ar oriunda de escapamento de caminhões: lei municipal averiguará o problema

 

Confira também

MP Federal dá 30 dias para uma solução sobre esgoto e água da cidade

GAEMA diz ao prefeito Ernani que, se ele não tiver a solução, o MP terá …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *