sábado , 16 outubro 2021
Início / Cidade / Idosa morre asfixiada pelo filho que tem esquizofrenia

Idosa morre asfixiada pelo filho que tem esquizofrenia

Faz poucas semanas o homem recebeu alta de clínica psiquiatra

Com transtornos mentais, um homem, de 48 anos de idade, matou a mãe asfixiada, possivelmente na noite de terça-feira (14), em uma casa, na Rua Santa Teresinha, em São José do Rio Pardo.

De acordo com as informações, o autor do crime esteve recentemente internado em uma clínica psiquiátrica, e após receber alta, fazia uso de medicações, pois sofre de esquizofrenia.

O corpo da idosa, de 72 anos, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (15), pela fisioterapeuta. O SAMU foi acionado mas nada pode fazer.

A partir de então, policiais acionados para atender a ocorrência preservaram o local, e, em contato com o filho, de 48 anos, inicialmente ele afirmou que a idosa passou mal e caiu, entretanto, mais tarde confessou ter asfixiado a idosa.

O homem foi preso.

Esquizofrenia

Doença mental crônica e severa, a Esquizofrenia não tem cura. A característica principal do paciente acometido é a dificuldade em interpretar a realidade, além de não conseguir diferenciar o que é real e o que é imaginação.

Muitos pacientes relatam que ouvem vozes, e quase sempre comentem atrocidades, dizendo que foram mandados pelas vozes que ouvem.

O tratamento é paliativo, visando amenizar sintomas, crises e dar mais qualidade de vida ao paciente, por meio de medicamentos antipsicóticos, psicoterapia e hospitalização, se necessário.

Confira também

Unir vacinou 70 animais contra a cinomose

Segundo Alessandra Freire Paolielo, da Ong Unir, a entidade promove campanhas para vacinar animais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *