terça-feira , 11 maio 2021
Início / Cidade / São José entre os piores municípios na vacinação

São José entre os piores municípios na vacinação

Dados foram divulgados nesta sexta-feira (16), pelo Governo do Estado, com base em informações fornecidas pelo próprio município

Segundo ranking do Governo de São Paulo divulgado nesta sexta-feira (16), São José do Rio Pardo está entre os piores municípios na vacinação contra a Covid-19, ocupando a décima posição, tendo disponibilizado somente 24,19% das vacinas. As informações do ranking são fornecidas pelos próprios municípios, que atualizam os dados na plataforma diariamente. 

Os dados começaram a ser disponibilizados pelo Estado no último dia 8 de abril, por meio de ferramenta digital que permite a qualquer pessoa acompanhar em tempo real o número de vacinados. O sistema pode ser acessado no site do Vacinômetro (www.vacinaja.sp.gov.br/vacinometro), no botão “Ranking de Aplicação das Doses Distribuídas”.

As primeiras cidades do ranking têm percentual de doses aplicadas superior ao número de vacinas distribuídas.

O sistema Vacivida permite todo o acompanhamento individualizado e em tempo real dos registros de pessoas imunizadas contra o coronavírus. O banco de dados também conta com relatórios atualizados de doses aplicadas e a cobertura vacinal atualizada dos 645 municípios paulistas.

Prefeitura não respondeu

Na quarta-feira (14), a reportagem de Gazeta do Rio Pardo encaminhou alguns questionamentos à assessoria de gabinete da Prefeitura, sobre o assunto. O objetivo era saber, em números, a quantidade de pessoas vacinadas com a primeira e a segunda dose no município.

Na ocasião também foram perguntados sobre quantas pessoas físicas e estabelecimentos comerciais foram autuadas por infringir as normas de restrições, constantes dos decretos, além dos valores previstos ou arrecadados com estas autuações.

Até às 21h30 dessa sexta, ninguém respondeu aos questionamentos formulados pelo jornal.

Em vídeo no Facebook, o secretário de saúde disse que os números do Governo estão errados porque divulgam apenas as doses lançadas no sistema e não as aplicadas. ” Temos bem menos doses lançadas do que aplicadas. As mesmas pessoas que estão diretamente envolvidas na vacinação, são as pessoas que lançam. Existe uma lentidão no lançamento”.

Ainda, de acordo com o secretário, para sanar o problema com os lançamentos da vacinação, a Secretaria de Saúde fez uma parceria com a Fundação Educacional, e com a FEUC, para que os estagiários dos cursos de Técnico de Enfermagem e de Biomedicina, auxiliem nos lançamentos.

Segundas doses

Com a mudança de estratégia para imunização dos grupos prioritários, a Secretaria de Saúde vem realizando a aplicação da segunda dose da vacina.

Nesta sexta, os contemplados foram os idosos da faixa etária de 69, 70 e 71 anos, que buscaram vacinação no sistema drive-thru na Praça de São Cristóvão, Feira do Produtor e para pedestres no Ginásio Tartaruguinha.

No dia 19, quem ainda não tomou poderá procurar o Centro de Saúde, segundo veiculado na rede social da Prefeitura.  

Ainda no dia 19, haverá vacinação para os idosos cadastrados no ESF Vale do Redentor. No dia 20, será a vez dos cadastrados nos ESFs Natal Merli, Carlos Cassucci, São José, Domingos de Sylos e Buenos Aires.

Confira também

Além do rímel e do batom

Gilmar Ishikawa Conheça o trabalho de Jéssica Cesário, que faz sucesso com maquiagem artística Depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *