sexta-feira , 23 outubro 2020
Início / Cidade / Projeto do novo Distrito Industrial entra em fase final de elaboração
Vista aérea do terreno no qual, se o projeto for aprovado pela Câmara, surgirá o novo Distrito

Projeto do novo Distrito Industrial entra em fase final de elaboração

Empresários, Comderp, Prefeitura e Câmara discutem últimos detalhes, antes da aprovação pelos vereadores

Em uma área de quase 129 hectares, localizada na confluência da SP 350 com a SP 207, próxima ao posto W3, o terreno para o novo Distrito Industrial (D.I.) de São José do Rio Pardo está em fase final de estudo. Empresários locais e donos daquele espaço, Comderp, Prefeitura e Câmara Municipal estão discutindo os detalhes técnicos ainda pendentes para que o projeto seja aprovado pelos vereadores. Possíveis isenções de IPTU poderão fazer parte do texto final a ser analisado e votado pelo Legislativo.

Eduardo Leite, presidente da Comderp, empresa que há um ano vem cuidando do projeto, deu detalhes do novo D.I. para a Gazeta do Rio Pardo. “Como é um projeto que depende de lei municipal, a participação dos vereadores nesta fase anterior à votação dele na Câmara é muito importante, para discutirem e darem ideias. Também os empresários têm participado, já que muitos deles têm interesse em expandir suas empresas, mas cabe à Prefeitura elaborar as diretrizes a serem seguidas, atendendo todas as legislações governamentais”, afirmou.

O presidente da Comderp disse ainda não ter uma ideia precisa sobre a quantidade final de lotes a serem oferecidos, até porque haverá necessidade de reservar espaços para as ruas internas, as áreas verdes etc. “Provavelmente haverá empresários querendo lotes menores, talvez de 2 mil metros, mas também haverá, com certeza, aqueles que precisarão de 30 mil metros. De qualquer maneira, a localização desse novo Distrito ainda terá boas áreas para expansão futura, especialmente para o lado de São Sebastião da Grama”, prosseguiu.

Localização estratégica

Eduardo lembra também que São José do Rio Pardo, pela sua localização próxima a Minas Gerais, e esse novo Distrito, situado em local estratégico (entre duas rodovias bem movimentadas e conservadas), tem tudo para atrair novas empresas. O Departamento de Estradas de Rodagem (D.E.R.) e a Renovias foram contatadas para orientarem a Comderp e Prefeitura quanto às futuras vias de acesso.

O novo D.I., segundo Eduardo, já estava previsto no Plano Diretor elaborado em 2007, quando a expansão industrial de São José do Rio Pardo foi programada para acontecer naquela região do município. “Como, porém, a Prefeitura não tinha e não tem recursos (para desapropriação), foi preciso que chamássemos os donos daquelas áreas para que participassem do projeto. A lei municipal 1392, que também deverá ser reformulada por ser antiga, já prevê os incentivos fiscais para as empresas se instalarem lá”, concluiu.

Confira também

Confira o que os candidatos a prefeito já disseram nos programas de rádio

Jornal traz a síntese das propostas e promessas já feitas pelos quatro candidatos rio-pardenses Os …

1 Comentário

  1. O projeto esta em fase final de elaboração como diz a reportagem e a Conderp não sabe dizer nem quantos lotes sera possivel disponibilizar, que diabo de projeto é esse, seria o minimo saber a quantidade para saber da viabilidade do negócio.
    Espero que o asfalto desse novo projeto seja melhor do que o atual que esta lá, de péssima qualidade, não comporta caminhões pesados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *