quinta-feira , 12 dezembro 2019
Início / Cidade / Obesidade infantil terá evento dia 1º

Obesidade infantil terá evento dia 1º

Unimed fará avaliação nas crianças na Praça XV, prestará informações e disponibilizará brinquedos

No próximo sábado, dia 1º de junho, a Unimed promoverá na Praça XV de Novembro, das 9h às 12h, um evento gratuito de conscientização e combate à obesidade infantil. A ação, proposta pelo departamento de Medicina Preventiva, lembra o Dia da Conscientização Contra a Obesidade Infantil, que é celebrado anualmente em 3 de junho.

O objetivo, segundo a nutricionista Bruna Soares Vitto Franchi, é informar a população sobre a importância do diagnóstico e a gravidade do problema, por meio de esclarecimentos sobre alimentação saudável e estímulo à prática de atividade física.

O evento prevê a realização de medidas antropométricas das crianças para avaliar a obesidade; informações nutricionais aos pais presentes; aula com educador físico, brinquedos infláveis e entrega de kit.

Um alerta

Bruna faz um alerta sobre a rapidez com que a população mundial está ganhando peso, especialmente crianças e adolescentes, e cita um estudo publicado na revista científica ‘The Lancet’. “A taxa global de obesidade em crianças disparou em 41 anos; por outro lado, o índice de baixo peso caiu. O Brasil segue na mesma direção. Entidades de saúde alertam que, se não houver uma mudança de rumo, o país, assim como a população global, enfrentará um forte crescimento de doenças associadas à obesidade, como diabetes, pressão arterial elevada e doenças de fígado”, diz.

Açúcar e gordura

A nutricionista diz que principal razão para a alta de peso na população mais jovem é o consumo de alimentos ricos em açúcar e gordura, principalmente os industrializados. “De acordo com a Federação Mundial de Obesidade, o crescente nível de obesidade entre crianças e adultos coloca a saúde desse público ‘em perigo imediato’. Muitas vezes o indivíduo não compreende o que é obesidade e não imagina que seus filhos possam sofrer com o problema. As pessoas acham que alguém só tem obesidade quando é a obesidade grave.”

Bruna aconselha aos pais que limitem o consumo de alimentos como refrigerantes, biscoitos e fast food, ao mesmo tempo que incentivem seus filhos a praticar exercícios físicos. “É importante que a família não consuma produtos que são proibidos para a criança ainda pequena. Os pais, antes de dizer não, precisam dar o exemplo”, conclui.

Assessoria de Imprensa 

Confira também

Adote uma cartinha: Campanha dos Correios termina sexta

A Campanha organizada pelos Correios, com o intuito de presentear várias crianças que endereçam seus …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *