Início / Cidade / Lixo biológico: Cetesb não acha irregularidade

Lixo biológico: Cetesb não acha irregularidade

Lixo biológico: Cetesb não acha irregularidade

A pedido do Ministério Público, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) vistoriou nesta semana a área utilizada pela Prefeitura para acondicionamento de lixo biológico. Trata-se de um cômodo isolado nas dependências do Almoxarifado de Serviços, cujo acesso é permitido somente para funcionário responsável pelo armazenamento e coleta do material, que acontece duas vezes por semana, quando tudo é encaminhado para incineração.

O local serve de transbordo temporário para abrigar principalmente material plástico e  embalagens oriundas de farmácias. Não há lixo úmido. De acordo com o laudo de vistoria, assinado por técnico da Cetesb, não foi constatada irregularidade neste tipo de serviço, ou seja, na forma como a Prefeitura abriga os resíduos naquela área.

Sindicância

No último final de semana, fotos do local foram publicadas em jornal da cidade, levantando a possibilidade de que ali houvesse acondicionamento irregular de lixo, o que não foi constatado pela vistoria da Cetesb realizada na última terça-feira.

A Prefeitura determinou a abertura de sindicância para apurar a responsabilidade quanto às fotos veiculadas em jornal, já que a o acesso ao interior do cômodo é permitido apenas para funcionário que realiza o serviço de armazenagem e coleta ou servidor autorizado por superiores do setor.

Não foi constatada anormalidade na forma como os resíduos são postos ali

Confira também

Câmara de São João da Boa Vista aprova projeto para adaptar caixas eletrônicos para cadeirantes

A Câmara Municipal aprovou, na sessão de segunda-feira (15), um anteprojeto de lei que prevê ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *