quinta-feira , 18 julho 2019
Início / Cidade / Informações sobre água contaminada na cidade é fake news, diz Saerp
César Roberto Teixeira Júnior, engenheiro químico da Saerp, desmente o boato

Informações sobre água contaminada na cidade é fake news, diz Saerp

Índices de todas as estações da cidade estão dentro da normalidade, informa a Saerp

Na terça-feira, 16 de abril, foi feita uma postagem nas redes sociais que deixou a população de São José do Rio Pardo preocupada.  A publicação citou que a água que abastece a cidade está contaminada com cerca de 27 tipos de agrotóxicos, inclusive cancerígenos. Gazeta procurou o engenheiro químico da Saerp, César Roberto Teixeira Júnior, para esclarecer o boato.

“No último dia 25, foi feita uma análise que é realizada semestralmente, que faz o levantamento de todos os tipos de agrotóxicos presentes na água. Nessa avaliação não foi encontrado nenhum tipo. No mínimo foi uma postagem infeliz, uma fake news. Além da Saerp fazer o monitoramento, a Cetesb também faz. Se tivesse algum problema desse tipo, provavelmente ela haveria nos comunicado. Por isso, a população pode ficar tranquila, não tem nenhum tipo de agrotóxico acima dos índices toleráveis pelo Ministério da Saúde”, afirma o engenheiro.

De acordo com ele, a potabilidade está dentro dos padrões exigidos. “Se a população quiser vir aqui ver os laudos, está tudo transparente. Fazemos uma análise no laboratório externo de 15 em 15 dias. As pessoas podem ficar tranquilas quanto a isso”, destacou.

“Todos os nossos índices de todas as estações do rio Pardo estão dentro da normalidade. Não apenas dele, mas a estação do rio Fartura também está dentro das normas. Hoje a cidade conta com cinco estações: a ETA João de Souza, Santo Antônio, Cassucci, Central  e a ETA no Domingos de Sylos”, relata.

César explica que a coloração que algumas pessoas encontram na água não tem a ver com a potabilidade. “Isso é devido a manutenção na rede, e temos canos da região central de ferro, muito antigos, o que interfere um pouco na turbidez da água, mas não são agrotóxicos”, finaliza.

 

Confira também

Juros do cartão sobe em junho e atinge 269% ao ano

Os juros médios do cartão de crédito subiram em junho, segundo pesquisa da Anefac (Associação …

1 Comentário

  1. site muito bom e foi escrito com informacoes interessantes e bem objetivas. parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *