sábado , 16 outubro 2021
Início / Cidade / Guarda Mirim pode ficar sem a zona azul
O contrato da Guarda Mirim para operar os serviços de Zona Azul no município teve início em 2001, e tinha validade de 20 anos

Guarda Mirim pode ficar sem a zona azul

Atual contrato está no fim e Prefeitura abriu licitação que pode trazer outros interessados no serviço

Termina no próximo dia 30 de setembro o contrato entre a Prefeitura e a Guarda Mirim que permite à entidade a exploração do sistema de estacionamento rotativo, a chamada Zona Azul. Com a proximidade do fim da parceria, a administração municipal já publicou, na edição nº 680 do Diário Oficial, em 27 de agosto último, um edital de licitação, que visa contratar uma empresa responsável pelo serviço.

Apesar de publicada no final de agosto, somente agora a licitação chamou a atenção porque pode resultar no desemprego de cerca de 30 pessoas, que prestam serviços de atendimento na Zona Azul. A maioria é de jovens, e os rendimentos ajudam nas despesas das famílias.

Gazeta fez contato com o presidente da Guarda Mirim, Marcos Celeste, perguntando sobre a situação. Ele se limitou a dizer que a entidade tem compromisso com o município na oferta do serviço de Zona Azul até o dia 30 e cumprirá.

Duas décadas

De acordo com o edital, a licitação do serviço será por meio de concorrência pública, com data de abertura dos envelopes no próximo dia 29 de setembro, às 9h00 horas, junto ao setor de licitações da Prefeitura.

Nesta modalidade, será vencedora a empresa que oferecer o maior percentual de repasse para a Prefeitura, sobre a exploração do serviço. O edital estabelece que o mínimo inicial é de 10% (dez por cento) sobre a renda mensal bruta do serviço licitado.

Como não tem outras fontes de receita, havendo percentual acima disso, a Guarda Mirim pode não ter condições de vencer o certame e deixaria de operar o serviço, transferindo a outra empresa.

Caso isto ocorra, e não consiga realocar os funcionários do serviço, haverá demissões.

O contrato da Guarda Mirim para operar os serviços de Zona Azul no município teve início em 2001, e tinha validade de 20 anos.

Para alguns dos funcionários, o fim pode acontecer num momento delicado, quando o emprego está difícil no município e com a economia ainda sentindo os efeitos da pandemia.

Confira também

Unir vacinou 70 animais contra a cinomose

Segundo Alessandra Freire Paolielo, da Ong Unir, a entidade promove campanhas para vacinar animais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *