sábado , 16 outubro 2021
Início / Cidade / Dia Mundial do Rim-Hipertensão e diabetes acometem os rins

Dia Mundial do Rim-Hipertensão e diabetes acometem os rins

Dia Mundial do Rim

Hipertensão e diabetes acometem os rins

Uma a cada dez pessoas sofre com doença nos rins, lembra o médico nefrologista

Na quinta-feira, 14 de março,foi comemorado o Dia Mundial do Rim, que tem como objetivo informar as pessoas sobre os fatores de risco da DRC (Doença Renal Crônica), que atinge uma a cada 10 pessoas no mundo.

Para falar sobre o tema, a Gazeta entrevistou o nefrologista Rafael Sanches Humel, que trabalha noCentro Regional de Nefrologia de São José do Rio Pardo, e atende em média 100 pacientes. A clínica conta com 25 funcionários, entre eles, enfermeiras, assistente social, psicóloga, nutricionista, técnicos de enfermagem, auxiliar de limpeza, secretária e gerente.

O Centro Regional de Nefrologia atendepessoas acometidas de problemas renais de várias cidades da região. “Temos pacientes de Mococa, Caconde, Casa Branca, Divinolândia, Itobi, São Sebastião da Grama e Tapiratiba”, confirma o médico.

Doenças

Dr. Rafael cita as quatro principais doenças que podem atingir os rins:“O mais comum no Brasil, e aqui também na clínica, são pacientes que sofrem de problemas no rim por causa da hipertensão arterial. Com o passar dos anos, a doença causa uma alteração no funcionamento do órgão. Em segundo lugar, mas que já vem mostrando uma tendência de até ultrapassar a hipertensão, é a diabetes, que também pode desencadear doença renal. Em terceiro, vem a glomerulonefrite, uma inflamação nos rins, e em quarto, fica a doença renal policística, que é uma doença hereditária”.

Tratamento

O tratamento pode variar conforme a necessidade do paciente, doença e gravidade. Ele inclui desde a mudança nos hábitos alimentares, até a prescrição de medicamentos e diálise (procedimento que envolve o desvio de sangue para fora do corpo em uma máquina que filtra os resíduos).

Prevenção

“A prevenção nos pacientes que já possuem pressão alta e diabetes é controlarmos ao máximo essas duas doenças. Isso na maioria das vezes não permite que ele evolua para uma perda de funcionamento dos rins. Mas existem as outras coisas que caminham junto: manter um hábito alimentar saudável, praticar atividade física, fazer um controle de peso, tudo isso ajuda. Controlar colesterol, ácido úrico enão fumar é extremamente importante, porque está diretamente ligado à piora do funcionamento dos rins. Evitar algumas medicações, principalmente anti-inflamatórios, que fazem piorar com o passar do tempo”, adverte o nefrologista.

Funcionamento

O Centro Regional de Nefrologia funciona de segunda a sábado, das 6h00 às 20h00. Para mais informações, o contato pode ser feito pelo telefone (19)3681-5153. A clínica fica localizada na rua Campos Salles, 1455, Centro.

Dr. Rafael Sanches Humel, nefrologista do Centro Regional de Nefrologia

Dor constante nas costas pode indicar problemas nos rins

 

 

BOX

Bons hábitos podem evitar a doença

O Dia Mundial do Rim foi criado para alertar as pessoas sobre os cuidados que devem ser tomados para manter o órgão responsável pela filtragem do sangue funcionando bem.

A prevenção é fundamental, já que 1,5 milhão de brasileiros sofrem de doença renal crônica. Mas bons hábitos podem evitar a doença. Confira quais são os principais cuidados para deixar os rins saudáveis:

– Consumir pouco sal
– Beber bastante água
– Manter alimentação saudável
– Praticar exercícios físicos com regularidade
– Não fumar
– Manter peso adequado
– Medir constantemente a pressão arterial
– Evitar a automedicação e o uso abusivo de remédios, além de não usar drogas ilícitas.

Confira também

Unir vacinou 70 animais contra a cinomose

Segundo Alessandra Freire Paolielo, da Ong Unir, a entidade promove campanhas para vacinar animais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *