Início / Cidade / Correio recebe cartinhas para Papai Noel

Correio recebe cartinhas para Papai Noel

Correio recebe cartinhas para Papai Noel

Elas passam por uma seleção, adoção de padrinhos e, depois, entrega dos presentes

 

A agência dos Correios em São José do Rio Pardo já está com dezenas de cartinhas escritas por crianças que esperam receber presentes de Papai Noel. Acredita-se que a quantidade de cartas este ano, e as respectivas respostas de voluntários aos pedidos feitos, chamados de padrinhos, possam superar as do ano passado.

Em 2017 a agência rio-pardense teve 280 cartas selecionadas e, destas, 172 foram adotadas. Segundo a gerência em São José, apesar de muitos adotarem as cartas, sempre sobram algumas ou até várias; portanto ela pede que a população e os empresários locais abracem esta causa.

Surgiu há 29 anos

A campanha de Natal dos Correios é de âmbito nacional e nasceu como resultado da iniciativa dos próprios empregados há 29 anos. Com o tempo, tornou-se uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios e de todo o país.

O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Critérios

Podem participar crianças com até 10 anos de idade. As cartas devem ser manuscritas; é selecionada apenas uma carta por criança. Além das cartas das crianças que escrevem diretamente ao Papai Noel, a campanha contempla também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

É importante que a cartinha encaminhada aos Correios, além de obedecer os critérios exigidos, tenha o endereço correto da criança. Dessa forma, não se corre o risco dela não ser selecionada e não ser localizado o endereço ou a criança que escreveu ao Papai Noel, quando os Correios fizerem a entrega dos presentes.

Padrinhos

Qualquer pessoa pode ser um padrinho. O padrinho deve ir até uma agência própria dos Correios, ler as cartinhas disponíveis para adoção e adotar a cartinha que mais lhe agradar (ou as cartinhas, pois não existe limite de cartinhas para adoção). Em seguida, deve levar o presente na mesma agência onde fez a adoção até o dia 14 de dezembro e os Correios farão a entrega para a criança.

Prazo

As crianças poderão entregar as cartinhas nos Correios até 7 de dezembro. Os padrinhos poderão adotar as cartas e entregar os presentes até o dia 14. O presente deve ser levado na mesma agência.

Entregas

Os presentes são recebidos nas agências dos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal da unidade. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

Pedidos

Os pedidos são preferencialmente de brinquedos, material escolar, roupas. Outros itens solicitados poderão ser avaliados. Os pedidos de alimentos ou cestas básicas são desclassificados. Além disso, é selecionada apenas uma carta por criança.

Seleção das cartas

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas nas agências próprias dos Correios para adoção. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

FOTOS

Cartas de crianças são penduradas neste espaço da agência em São José do Rio Pardo

Alguns presentes já foram doados por padrinhos e serão depois entregues pelos carteiros

Confira também

Câmara de São João da Boa Vista aprova projeto para adaptar caixas eletrônicos para cadeirantes

A Câmara Municipal aprovou, na sessão de segunda-feira (15), um anteprojeto de lei que prevê ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *