Início / Cidade / Cores definem gravidade de doença em pacientes

Cores definem gravidade de doença em pacientes

Cores definem gravidade de doença em pacientes

Critério é simples, mas funcional e vem sendo adotado no Hospital de Divinolândia

 

O Pronto Socorro do Conderg – Hospital Regional de Divinolândia funciona 24 horas e dispõe de um sistema de triagem interessante, classificado pelas cores vermelha, amarela, verde e azul. Esse sistema define a gravidade dos atendimentos aos pacientes que procuram pelo serviço.

Segundo informações levantadas pela Gazeta do Rio Pardo, uma equipe treinada e preparada para atendimento nos casos de urgência/emergência vem realizando uma média/mês de 3.822 atendimentos.

Para a melhoria do fluxo e qualidade do atendimento, todos os pacientes passam pela classificação de risco, que a equipe de enfermagem avalia levando em conta a gravidade do caso e a prioridade de atendimento, assegurando que os pacientes mais graves recebam atendimento rápido, efetivo e humanizado.

Entenda o que significa cada cor na classificação de risco (triagem):

Os pacientes podem procurar o serviço sozinhos ou acompanhados, mas são orientados no sentido de que, no momento da consulta, apenas um acompanhante esteja presente no consultório, para que não ocorra intercorrências que possam interferir no atendimento. O processo de trabalho do Pronto Socorro é continuamente revisado para garantir a eficiência no atendimento.

Sala de espera do Pronto Socorro do Hospital Regional de Divinolândia: avaliação prévia define as prioridades

Confira também

Olimpíada Brasileira de Robótica: Rio-pardenses se classificam para etapa estadual

Os alunos da Super Genius Makers, escola particular de robótica em São José do Rio ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *