quinta-feira , 26 novembro 2020
Início / Cidade / Confira o que os candidatos a prefeito já disseram nos programas de rádio

Confira o que os candidatos a prefeito já disseram nos programas de rádio

Jornal traz a síntese das propostas e promessas já feitas pelos quatro candidatos rio-pardenses

Os quatro candidatos a prefeito em São José do Rio Pardo estão levando aos eleitores rio-pardenses suas propostas pelas emissoras de rádio locais. Gazeta apresenta, nesta página, uma síntese do que eles falaram nos programas eleitorais gratuitos levados ao ar das 7h (sete horas) às 7h10 (sete horas e dez minutos) e das 12h (doze horas) às 12h10 (doze horas e dez minutos), até quinta-feira, dia 15.   

Coligação Amor por São José (PSDB, DEM, PSL e PP)

O candidato Silvinho Torres (PSDB) falou do projeto de “Vídeo Monitoramento 24 horas” por dia, com câmeras espalhadas em pontos estratégicos enviando imagens para uma central monitorada pela Guarda Civil Municipal. “Qualquer atitude suspeita será direcionada para a Polícia Militar, que passará a acompanhar o caso. E com maior suporte à Guarda Civil Municipal”, afirmou.

Ele disse que pretende devolver à comunidade as áreas públicas, como praças e pontos turísticos como Cristo Redentor, Herma Euclides da Cunha, entre outros, que estão sendo tomados pela criminalidade. “Vamos utilizar a parceria da Guarda Municipal com a Polícia Militar e a Polícia Civil, para devolver às famílias o patrimônio público que é propriedade de todos”, detalhou.

Falando sobre o transporte público, Silvinho disse que é preciso oferecer à população um serviço de qualidade, além de mais horários de atendimento – sendo esta a principal reclamação dos usuários atualmente, especialmente nos finais de semana e feriados.

Falou também do projeto “Vou de Bike”, que prevê a colocação de bicicletas em pontos estratégicos, lembrando que elas não poluem e ainda se tornam uma opção a mais no transporte público.  Mencionou que pretende atualizar a sinalização na cidade, que hoje é deficiente e antiga, além de reduzir os pontos de congestionamento que existem no centro e em algumas avenidas.

Mas Silvinho mencionou também seu compromisso com a questão dos buracos por toda a cidade. “Mas tapar buracos não basta. As principais ruas de São José precisam mesmo é de um recapeamento. Vou buscar recursos dos governos estadual e federal, adquirir equipamentos mais modernos para a Prefeitura utilizar nesse trabalho”, assegurou.

Ele prometeu lutar pela construção de uma terceira ponte sobre o rio Pardo, que ligará a região do Vale do Redentor à SP 207 e ao bairro Carlos Cassucci.

Um dos programas da coligação focou na construção de creches e escolas em São José que contaram com recursos conseguidos por Silvinho quando era deputado: Creche Júlio Possebon, Creche Maria França Torres, Creche Maria Boaro, Creche Dionísyo Guedes Barreto, Escola São Judas, Escola Laudelina de Oliveira Pourrat. Foi lembrado que o ex-deputado trabalhou pela implantação da ETEC Paula Souza, pela Fundação Educacional e pela viabilização da Univesp.

Coligação Compromisso com o Povo (PTB, REDE, PDT, Podemos, MDB, Republicanos e PL)

O candidato Márcio Zanetti (PTB) falou sobre geração de emprego e renda, e sobre a possibilidade de trazer mais indústrias para a cidade. Segundo ele, há um plano diretor que foi aprovado em 2007 e que determina o local em que novas indústrias deverão ser instaladas: próximo à entrada da cidade, às margens da rodovia SP-350. Segundo Márcio, nesse espaço existem mais de 1 milhão de metros quadrados que só poderão ser utilizados para a instalação de indústrias. O candidato comentou que, para que novas empresas se instalem, precisam de uma área apropriada, com galeria, escoamento de água pluvial, oferta de esgoto e energia elétrica.

Para ele, outro ponto crucial é qualificar a mão de obra para ficar à disposição das novas indústrias, para que se instalem e gerem novos empregos. Márcio promete uma Prefeitura parceira dos investidores e empresários.

Ele falou sobre a capacitação dos jovens que residem no município. Mencionou que a Prefeitura poderá iniciar projetos para que os jovens que não tem oportunidade de ingressar no mercado de trabalho consigam fazer isso sem a necessidade de serem indicados, como acontece em muitas empresas.

Márcio disse que “fará um grande programa de qualificação e inclusão para que os jovens sem experiência, que nunca tiveram a primeira oportunidade, possam conseguir ingressar no mercado de trabalho”. Ele promete implantar um “Programa de qualificação do jovem profissional” em parceria com as empresas do município, para dar aos jovens melhores condições de empregabilidade. As empresas parceiras, segundo ele, serão beneficiadas por um incentivo fiscal ou por alguma outra contribuição municipal, mas assumirão o compromisso de dar ao jovem a oportunidade do primeiro emprego. “A intenção é que o jovem faça um curso e, ao final, terá a garantia de um primeiro emprego”, sintetizou.

O candidato disse que a Prefeitura dará aos empresários da cidade que não tiveram condições de honrar com os impostos municipais, por conta da pandemia, um parcelamento atrativo para quitar suas dívidas. Márcio ressaltou que a Prefeitura deverá ser parceira da ACI, promovendo ações em datas comemorativas para que os consumidores, não apenas da cidade, mas da região, se interessem pelo comércio local.

Ele fez menção, por fim, sobre incubadoras de empresas para auxiliarem pessoas que pretendem abrir uma empresa. “Com esse programa, o futuro empresário poderá contar com assessoria administrativa, orientação fiscal e contábil. Depois do empresário aprender a administrar sozinho sua empresa, ele poderá se estabelecer em outro local e gerar emprego e renda”, concluiu.

Coligação De volta para o futuro (PSD, Avante e PSC)

O candidato Marquinhos Zanetti (PSD) promete o término da obra da Estação Global de Esgoto. Em um dos programas apresentados nas rádios, o ex-prefeito João Luís Soares da Cunha declarou apoio ao candidato, dizendo que ele “colocará a cidade nos trilhos”.

Falando por Marquinhos Zanetti, João Luis disse que o término das obras de infraestrutura deve ser um das prioridades da administração municipal. Segundo ele, essas obras “estão no mesmo ponto em que foram deixadas em 2012”, quando ele era prefeito.

Reorganizar e regularizar os distritos industriais que já foram colocados nas leis de diretrizes básicas em 2011 e buscar novos recursos para investimento, serão algumas das prioridades de Marquinhos Zanetti.

Daniel da Ótica (PSC)

O candidato Daniel Donizeti Salotti (PSC) se propõe a construir casas populares para pessoas carentes e revitalizar as casas oriundas de projetos sociais. Diz que fará a reposição salarial dos servidores públicos, reajustará e melhorará o tíquete alimentação.

Daniel afirma que irá investir no programa “Melhor Emprego”, em oficinas de geração de renda e na implantação de um programa denominado “Bom Prato” em regiões mais carentes da cidade.

Fala também em criar um “Programa de recuperação para dependentes químicos” e em criar um “Centro de reabilitação voluntária e compulsória” para tais pessoas. Ele promete “retirar todos os dependentes químicos das ruas e praças do município”.

Para a área da saúde, Daniel pretende aumentar o número de médicos e especialidades na rede municipal de saúde; criar um Centro de Atendimento para Idosos e Crianças; ampliar e melhorar a Farmácia Municipal; colocar uma farmácia em cada PSF; e ampliar o Centro de Referência da Saúde da Mulher.

Diz ainda, por fim, que quer investir em campanhas educativas de segurança e trânsito e implantar um sistema de câmeras de segurança em toda a cidade.

Confira também

Rodrigo Ribeiro, o “Buiu”, fala sobre referência negra, racismo, e projeto pessoal

Para ele, lei deveria ser mais severa com relação ao racismo No dia 9 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *