Início / Cidade / Além de drogas, traficante tinha até faca

Além de drogas, traficante tinha até faca

Além de drogas, traficante tinha até faca

E na região conhecida por “Pedra do Bronxs”, no Cassucci, houve novos flagrantes

 

Um jovem de 19 anos, RNF, foi preso no dia 12 de dezembro, por volta das 17 horas, na Rua Henrique Trinca, Vale do Redentor II, por tráfico de drogas. Drogas, faca, caderno de anotações do tráfico e material usado na embalagem foram apreendidos.

Os policiais civis João Mancuso e Bispo receberam informações de que o indivíduo estaria traficando na Praça João Ribeiro do Vale, próximo a uma escola, e que estaria sendo usado um imóvel para armazenar as drogas. Eles se deslocaram para a referida praça, onde visualizaram RNF, que se assustou com a viatura da Polícia Civil.

No endereço da denúncia foram encontrados: uma tesoura, uma balança de precisão, rolo de papel filme PVC transparente, vários saquinhos para embalar geladinhos, caderno de anotações do tráfico, uma faca de 20 cm e cinco invólucros de maconha.

RNF foi preso por tráfico de drogas e foi conduzido à Delegacia de Policia, onde permaneceu preso.

“Pedra do Bronxs”

Policias Militares realizavam patrulhamento pela Avenida dos Braguetas, na região do bairro Carlos Cassucci, quando avistaram no local conhecido como “Pedra do Bronxs” alguns indivíduos realizando tráfico.

Um deles, FPC, de 21 anos, foi visto vendendo drogas para uma pessoa em um carro cinza. Ao perceber a presença da viatura, ele arremessou algo no mato e empreendeu fuga, vindo a ser abordado e algemado.

Os policias encontraram o objeto dispensado: um saco branco contendo 10 pedras de cocaína. Em busca pessoal em FPC foram encontrados R$ 120 e um aparelho celular. Ele recebeu voz de prisão por tráfico e foi conduzido à Delegacia onde ficou preso.

A faca e demais materiais apreendidos pela polícia civil foram levados à delegacia

 

 

 

Roubou fios de residência e foi pego

Um jovem de 23 anos acabou preso na tarde de 12 de dezembro após furtar fios em uma residência, na Rua Gabriel Andrade Junqueira, Vila Brasil. O dono do imóvel, MCPL, de 36 anos, recebeu uma ligação informando que um homem havia furtado os fios de sua residência.

Policiais militares em patrulhamento foram avisados do fato e das características do suspeito e ele foi encontrado e pego com vários metros de fio. Ao ser questionado, disse ter encontrado o material em uma construção abandonada. Ao chegarem na casa mencionada pelo proprietário, os policiais constataram que os fios haviam sido retirados dali.

JCSO, de 23 anos, foi levado até a Delegacia de polícia e acabou sendo preso. Ele chegou a dar um nome falso quando foi interrogado, mas isso acabou sendo descoberto na Delegacia de Policia.

 

 

Adolescente em moto se envolve  em colisão no cruzamento de ruas

Na noite do último dia 12 aconteceu um acidente de trânsito no cruzamento das ruas Comendador Luis Gonçalves Júnior e Antônio Pereira Dias. A Policia Militar compareceu ao local e ouviu o depoimento de uma mulher de 23 anos, MRF, que disse que vinha com seu Toyota Corola ano 2018 pela Comendador Luis Gonçalves Júnior quando uma moto Honda CG Titan 150, ano 2005, não respeitou o sinal de parada obrigatória, vindo a colidir contra o seu veículo.

A moto era conduzida por um menor de idade (17 anos), que pegou o veículo sem autorização da mãe e que tinha como garupa sua namorada de 18 anos, JASR, que na queda sofreu lesões e foi levada ao Pronto Socorro. A moto ficou retida e o menor foi9 liberado mediante o comparecimento da mãe no plantão policial, sendo depois também conduzido ao Pronto Socorro porque tinha dores no tórax.

 

 

Falta de cartão da Zona Azul causa discussão e ofensas

Um desentendimento por causa da Zona Azul acabou sendo motivo para a presença da Polícia  Miliar na manhã do dia 12, na Avenida Independência. No local o funcionário JVM, de 23 anos, disse que entrou em um comércio para perguntar sobre um carro que estaria estacionado sem o cartão e o proprietário CFNG, de 32 anos, o ofendeu com palavras de baixo calão. Neste momento ele chamou o fiscal GHSB, de 19 anos, que também foi ofendido pelo empresário, que em seu depoimento alega ter ficado exaltado por não saber quem era o proprietário do veículo, mas que não saiu de trás do balcão para agredir os fiscais. Foi registrado o boletim e ocorrência.

 

Rapaz é surpreendido com celular roubado

Na noite de ontem de 13 de dezembro a Polícia Militar realizava patrulhamento pela Rua das Orquídeas quando visualizou um rapaz, RGB, de 23 anos, que ao ver a viatura policial demonstrou certo nervosismo e acabou sendo abordado. Com ele nada de ilício foi encontrado, porém ele tinha em seu poder um celular Motorola Moto G5s Plus. Constatou-se que era produto de furto e que o mesmo pertencia a VCR, de Divinolândia.

RGB disse ter comprado o aparelho por R$ 300,00 e que não sabia ser produto de roubo. Ele recebeu voz de prisão pelo crime de recepção e foi levado a Delegacia de Polícia, onde a voz de prisão não foi ratificada, sendo elaborado boletim de apreensão de objeto, sendo o mesmo orientado e liberado a seguir.

 

Carro roubado é recuperado no Vale

A Polícia Militar foi acionada e compareceu na manhã de ontem, dia 13, na Rua Olinto Tognoni, no Vale do Redentor II, onde segundo informações estaria um Fusca branco, ano 78, que havia sido roubado no dia anterior na área central da cidade. Os policiais entraram em contato com MAGP, proprietária do carro, que recebeu o mesmo de volta. Os autores do furto não foram encontrados.

 

Convite da Polícia Militar

Com o objetivo de possibilitar um canal de comunicação entre a Polícia Militar e a Comunidade, em relação à prestação de contas das atividades realizadas no município, o comandante da Polícia Militar do município de São José do Rio Pardo convida autoridades e munícipes para participarem da Audiência Pública referente aos dados criminais do 3º e 4º trimestre do ano de 2018, que serão apresentados dia 18 de dezembro, às 19h00, na sede da Associação Comercial e Industrial de São José do Rio Pardo.

 

  

Rapaz comete duplo homicídio em Mogi

MCN, de 27 anos, que matou duas técnicas de enfermagem na noite de quinta-feira (13) em Mogi-Mirim, já trabalhou com uma das vítimas em uma casa de repouso, em Conchal (SP). Ele foi preso na madrugada do dia seguinte, 14, e confessou ter matado Alessandra Francisca De Paula Barbosa, 41 anos, e Maria Sivoneide Oliveira de Morais, de 44. Ambas eram técnicas de enfermagem.

O rapaz havia feito tratamento contra dependência em drogas por dois meses e era considerado ‘muito amoroso’. Ele conheceu Alessandra em uma casa de repouso, onde trabalharam juntos, sendo ele cuidador de idosos. MCN trabalhou no local por cerca de um ano como cuidador de idosos e ficou afastado por dois meses para tratar sua dependência química. Ele foi demitido há um mês.

Segundo a Polícia Civil, ele teria pedido uma carona a Alessandra para seguir até Artur Nogueira. No caminho ele alega ter tido um surto psicótico após o uso de cocaína, espancado as técnicas de enfermagem antes de mata-las e ainda passado com o carro por cima de ambas.

MCN foi encontrado só de cueca andando em uma estrada na zona rural de Mogi Mirim. No inicio ele alegou ter sido assaltado, mas os agentes desconfiaram e o levaram até o plantão policial. Lá, com a chegada de sua mãe, ele acabou confessando o crime.

Maria Sivoneide e Alessandra chegaram a enviar uma mensagem para a Santa Casa de Conchal avisando que iriam chegar atrasadas. Os corpos foram encontrados por um homem que mora próximo ao local. Elas vestiam o uniforme do hospital e apresentavam sinais de violência e marcas de pneus.

As duas mulheres mortas quinta-feira trabalhavam em Conchal

 

 

Confira também

Águas da Prata recebe mais duas fontes

Em comemoração ao Dia Internacional da Água,  festejado no próximo dia 22 de março, a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *