Início / Regionais / II Etapa do Diagnóstico Rural ouve os produtores da Taquara Branca

II Etapa do Diagnóstico Rural ouve os produtores da Taquara Branca

II Etapa do Diagnóstico Rural ouve os produtores da Taquara Branca

Uma série de problemas enfrentados pelos produtores da região rural do Taquara Branca foi levantada durante a realização da  II Etapa do Diagnóstico Participativo Rural, realizada pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, na quarta-feira, dia 11 de julho.

Assim como  apurado no Sitio Novo, o baixo retorno financeiro a tudo o que é plantado e colhido  foi um dos principais problemas levantados na reunião. A redução da vazão do Córrego Taquara Branca por conta da má conservação do solo e da água, o alto custo operacional do Condomínio Rural cobrado na colheita de hortaliças e legumes, o alto custo dos impostos, o custo elevado de produção causando a evasão rural, a redução da área plantada e a descapitalização do produtor rural foram os principais problemas apontados pelos produtores no encontro.

“Constata-se que os problemas na região do Taquara Branca foram semelhantes aos diagnosticados no Sitio Novo. A descapitalização do produtor rural pode ser considerado um problema geral na área rural deste município. É bom enfatizar que quando a área econômica vai mal, uma série de outros problemas são  desencadeados, principalmente na área ambiental”, disse Rodrigo Vieira de Morais, zootecnista da CATI, que participou do encontro e acrescentou que os temas debatidos servirão para a atualização do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural.

Atuaram também  na coordenação dos trabalhos o secretário de agricultura e meio ambiente Carlos Ricardo Dias de Souza e a professora Renata Vechini Dal Bon, responsável pela educação ambiental.

As próximas reuniões do Diagnóstico serão na segunda-feira, dia 16, na Capela do Bom Jardim, às 18 horas, e na quarta-feira, dia 18, às 19.30 horas, na capela do Bairro Barreirinho.

Moradores da Taquara Branca ouvem Cadão explicar os objetivos do encontro

 

Confira também

O Judiciário no olho do furacão

O Judiciário no olho do furacão   A emocionalidade e a vitimização criadas ao redor ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *