sexta-feira , 21 janeiro 2022
Início / Regionais / Prorrogadas as inscrições para o concurso do IBGE
Imagem ilustrativa da internet

Prorrogadas as inscrições para o concurso do IBGE

Empregos são temporários para trabalhar no Censo 2022

As inscrições do processo seletivo para recenseadores e agentes censitários do Censo Demográfico 2022, que encerrariam quarta (29/12), foram prorrogadas até 21 de janeiro de 2022. A informação foi divulgada por meio de comunicado no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora do certame.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a decisão de prorrogar o prazo foi tomada devido ao processo ter sido aberto em período de férias e festas de fim de ano, quando a população costuma viajar.

As oportunidades oferecem ganhos mensais de R$ 1.700 para o Agente Censitário Supervisor (ACS) e R$ 2.100 para o Agente Censitário Municipal (ACM) e contam com auxílio-alimentação de R$ 458. Além disso, os aprovados também terão direito a auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

A jornada de trabalho dos agentes será de 40 horas semanais, oito horas por dia e o contrato tem duração de cinco meses.

No caso do Recenseador, o aprovado pode definir seus horários de trabalho e a remuneração será proporcional à produção. A jornada recomendada é de, no mínimo, 25 horas, além da participação obrigatória no treinamento. O Censo 2020 oferece um simulador para que o candidato tenha uma estimativa de remuneração, de acordo com o município de atuação e o tempo dedicado ao trabalho. O contrato para esta vaga é de três meses.

Os contratos poderão ser prorrogados com base nas necessidades do IBGE.

Os interessados em participar da seleção de temporários para o IBGE devem se candidatar no site da Fundação Getulio Vargas (FGV), banca organizadora. Para homologar a inscrição, o candidato deve imprimir o boleto e pagar a taxa de R$ 57,50 (recenseadores) ou de R$ 60,50 (agentes), até o dia 25 de janeiro de 2022.

Confira também

Ministério da Saúde autoriza vacinação contra Covid para crianças de 5 a 11 anos

O Ministério da Saúde recuou da exigência de prescrição médica e autorizou a vacinação de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *