Início / Regionais / Passeata em São João tenta reduzir número de suicídios
(Imagem ilustrativa)

Passeata em São João tenta reduzir número de suicídios

Os casos de suicídio ocorridos nos últimos dias em São João da Boa Vista (SP) têm gerado uma grande preocupação na sociedade sanjoanense. A recente morte de dois rapazes fomentou a discussão deste crescente problema que tem afligido as famílias de lá.

Diante disso, um grupo de moradores se uniu para promover neste domingo, 9 de junho, uma mobilização com o intuito de conscientizar as pessoas sobre este assunto. Intitulada “Passeata de Valorização à Vida”, a ação será na praça Cel. Joaquim José, às 14 horas.

A iniciativa partiu da Associação & Grupo Quatro Estações, ONG de Direitos Humanos representada pelo assessor de políticas para a diversidade, Chrysthopher Dekay, e do Grupo Ação Ombro Amigo, coordenado por Helder Trota.

Em levantamento apresentado no Mapa da Violência de 2012, São João da Boa Vista aparecia entre os 30 primeiros municípios do País que mais registraram suicídios de jovens e adolescentes entre os anos de 2000 a 2010. Para se ter ideia, a cidade ficou na 23ª posição no ranking nacional.

De acordo com a pesquisa, a taxa de mortalidade registrada no município por esse motivo foi de 4,6% a cada 100 mil habitantes, quando a média nacional era de 1,1% na época. A Prefeitura de São João da Boa Vista, através do Departamento de Saúde, oferece auxílio através de suas três unidades do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

Tratam-se de instituições destinadas a auxiliar pessoas que possuem algum tipo de transtorno mental, oferecendo atendimento médico e psicológico. O objetivo é estimular a integração social e familiar do indivíduo, além de apoiá-lo em suas iniciativas de busca da autonomia.

Atualmente, os números de atendimentos contabilizados por estes centros mostram o quanto é preocupante a questão da saúde mental no município. No CAPS I (Centro de Atenção Psicossocial Infantil), localizado no bairro Perpétuo Socorro, são 400 atendimentos ativos e mais 200 cadastrados, ou seja, aguardando para serem atendidos.

Confira também

Olimpíada Brasileira de Robótica: Rio-pardenses se classificam para etapa estadual

Os alunos da Super Genius Makers, escola particular de robótica em São José do Rio ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *