sábado , 16 outubro 2021
Início / Cidade / Vereadores questionam IML Veterinário na Ilha
Espaço da Ilha de São Pedro

Vereadores questionam IML Veterinário na Ilha

Liderança do governo diz que serviço já tem projeto pronto para ser instalado junto ao Canil Municipal

Nesta semana, os vereadores Henrique Torres e Fernando Gomes visitaram as obras de reforma e adequação da Ilha São Pedro, que estão sendo executadas desde o ano passado com recursos repassados pelo Estado, por meio do programa MIT.

“Estive como vereador Fernando Gomes para ver os resultados da reforma”, disse, ele citando serviços executados nas áreas dos viveiros, quarentena, escritórios e galpão.

Ele apresentou requerimentos relacionados à atividade turística, destacando especialmente um sobre a Ilha São Pedro, em que solicita ao Executivo informações acerca do uso do local após a revitalização.

Usando a tribuna e exibindo fotos da visita e do estágio atual da reforma, comentou sobre a proposta do prefeito de instalar no local o Instituto Médico Veterinário Legal – voltado a atendimento de demandas do município nessa área.

“Parece que ainda não existe um consenso sobre o que vai ser feito na Ilha. É o espaço que mais recebe turistas aqui na cidade”, destacou.

“É importante lembrar que essa reforma foi feita com recursos do Município de Interesse Turístico, do DADE, da Secretaria de Turismo do Estado. Quando você faz um aporte para o turismo, o espaço deve ser utilizado para o turismo. E parece que existe uma intenção do prefeito de colocar lá um IML de animais, que é temporário. Também isso não é possível. Existem locais apropriados para fazer isso”, observou, considerando questões sanitárias sobre o assunto.

“Parece que seria uma coisa temporária, mas a gente sabe que, no poder público, quase nada é temporário”, continuou.

“Pelo que a gente viu a reforma já está pronta, já está apta a abrir para visitação, acredito que é só a questão pela pandemia que estão segundando. Que abra logo a Ilha e que a gente possa dar uma finalidade para aquele barracão uma finalidade mais educativa”, concluiu.

O requerimento recebeu apoio de outros vereadores, que também assinaram o documento. Fernando Gomes, por exemplo, comentou que espera um consenso pelo aproveitamento do espaço.

Após as manifestações, o líder do prefeito, Pedro Giantomassi, disse que os projetos para a Ilha São Pedro é de que o local se torne um polo de atrações turísticas e culturais. Segundo argumentou, além dos recursos repassados por meio do MIT a Prefeitura tem investido recursos próprios e de parcerias nas obras.

Afirmou ainda que será feita ampliação do Canil Municipal, onde deverá ser instalado o IML veterinário, para os quais já há orçamento e projeto.

Investimentos na orla

Ainda na área do turismo, o vereador Henrique Torres apresentou recentemente uma indicação sugerindo aplicação de recursos do MIT na construção de um deck turístico nas dependências do Recanto Euclidiano.

“O projeto para a construção do deck é antigo e aguardava recursos para sua execução, porém este montante precisa realmente ser investido ali, pois a orla do rio Pardo é um dos pontos que mais necessitam de investimentos, uma vez que é um dos principais atrativos turísticos do município”, disse na ocasião.

Até duas semanas atrás, a Prefeitura pretendia empregar os recursos em obras de melhoria na Estação Central da Fepasa, entretanto, o projeto ainda aguarda a transferência daquele prédio, pertencente à União, para o município. E, segundo informação da vereadora Thaís Nogueira repassada à Câmara, este processo deve demorar ainda mais de ano.

Confira também

Unir vacinou 70 animais contra a cinomose

Segundo Alessandra Freire Paolielo, da Ong Unir, a entidade promove campanhas para vacinar animais de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *