domingo , 19 janeiro 2020
Início / Brasil & Mundo / Verão será chuvoso em quase todas as regiões do Brasil

Verão será chuvoso em quase todas as regiões do Brasil

Deve chover forte também em São José do Rio Pardo neste final de semana, alternando com sol

O verão começa à 1h09 deste domingo, dia 22 de dezembro. Sem sofrer a influência dos fenômenos El Niño ou La Niña, a estação deve ser típica e apresentar o que normalmente se espera dela: dias quentes e chuvosos na maior parte do país até 20 de março. A previsão é de chuva “volumosa e generalizada” para quase todas as regiões, especialmente para o Sudeste.

Meteorologistas lembram que no verão passado o Brasil estava sob a influência do El Niño, que deixou as temperaturas mais altas no Sudeste (em São Paulo, a estação foi a 5ª mais quente da história). O fenômeno provoca um aquecimento acima do normal na parte do Oceano Pacífico próxima ao Equador, e dificulta a entrada do ar frio.

Na próxima estação, o Oceano Atlântico será a principal fonte de influência. O “Atlântico Sul”- trecho que banha toda costa leste do Brasil, do Uruguai e da Argentina – estará mais quente, explica o meteorologista Tércio Ambrizzi, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP).

“Isso faz com que as frentes frias passem mais rápido pelo Sul e fiquem mais tempo estacionadas no Sudeste. Então é possível que esse verão seja normal, até ligeiramente acima da média em termos de precipitação no Sudeste e Centro-Oeste, particularmente, entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas, e talvez chegando até ao sul da Bahia”, diz Ambrizzi.

Zona de Convergência

A meteorologista Patricia Madeira , do Climatempo, explica que essa condição ocorrerá por causa de um sistema meteorológico chamado de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). As ZCAS se formam quando as frentes frias passam devagar pelo Sudeste a caminho da Amazônia e trazem as chuvas constantes.

Neste ano o fenômeno vai afetar São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Centro-Oeste e uma parte da Amazônia. A meteorologista ressalta que, um dos pontos positivos das ZCAS, é que elas proporcionam chuvas que chegam aos rios e aos principais reservatórios de água no Brasil.

As melhores condições para quem quer aproveitar dias de praia devem estar no Sul e no Nordeste do país. Isso porque Sudeste e Norte estarão sujeitos a mais períodos de chuva contínua, o que ajuda no registro de temperaturas mais amenas.

Chuvas intensas de 21 a 24 de dezembro

A Defesa Civil informa previsão de chuvas intensas em todo o Estado a partir deste sábado (21) a terça-feira (24), seguida de descargas elétricas e rajadas de vento forte, ao longo do fim de semana, em especial na Região Metropolitana de São Paulo.

A condição persiste entre a segunda-feira (23) e terça-feira (24), com precipitações mais fortes nas regiões do Vale do Ribeira, Litoral, Vale do Paraíba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto.

Confira abaixo algumas dicas sobre o que fazer durante tempestades, inundações e deslizamentos:

– Se estiver na estrada com chuva muito intensa, procure um local coberto e seguro e aguarde o tempo melhorar;

– Nunca enfrente enxurradas ou atravesse vias alagadas, pois águas de inundação são pesadas e violentas;

– Apenas 15cm de água em movimento podem derrubá-lo, e 30cm de água em movimento são suficientes para arrastar o veículo;

– Se estiver em qualquer área aberta, como praia, piscina, estacionamento e campo de futebol, saia imediatamente; mantenha distância de objetos altos e isolados ou metálicos, como árvores, guarda sol; não solte pipas e não carregue objetos como canos e varas.

Confira também

Aguaí abre concurso público para área da Educação

O Município de Aguaí torna público que realizará Concurso Público, na forma prevista no Artigo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *