quarta-feira , 18 setembro 2019
Início / Cidade / Projeto Tigrinho: alunos recebem os uniformes

Projeto Tigrinho: alunos recebem os uniformes

Projeto Tigrinho: alunos recebem os uniformes

FEUC, Prefeitura e clube São Bernardo são parceiros no projeto em São José

 

Aconteceu na manhã do último sábado, dia 22, no campo da Ponte Preta no Vale do Redentor, a entrega dos uniformes do Projeto Tigrinho, que é uma parceria entre a FEUC (Faculdade Euclides da Cunha), Prefeitura Municipal e a equipede futebol do São Bernardo (de São Bernardo do Campo). Houve também farta distribuição de lanches, refrigerantes, churros, pipoca, algodão doce e sorteio de duas cestas de Natal para os alunos participantes.

Fábio Rodrigues, coordenador do projeto, disse que atualmente 61 alunos participam da iniciativa, divididos em dois polos: um no bairro Carlos Cassucci, com práticas esportivas no campo do CAIC em dois períodos, e outro no bairro Vale do Redentor, no período da manhã e possibilidade de abrir também aulas à tarde em 2019.

Além da prática esportiva, os alunos recebem orientações teóricas sobre tática e técnica de futebol, assim como sobre a importância da frequência escolar. Durante as férias escolares deve acontecer o projetoTigrinho de Férias, que será concentrado no Vale do Redentor nos dois períodos. As aulas no período matutino acontecerão das 9 horas às 10 horas do dia 7 ao dia 11 de janeiro, enquanto no período vespertino elas ocorrerão das 16h30 às 17h30. Também no Carlos Cassucci ocorrerão aulas nesses mesmos dias, mas apenas no período da tarde, das 16h30 às 17h30.

“Esse projeto visa, mais uma vez, colocar à disposição das crianças mais uma atividade, já que nas férias geralmente elas ficam ociosas. Temos três monitores no Vale do Redentor, sendo duas mulheres, a Débora e a Camila, e ainda o Washington. No CAIC temos o Marquinhos, o Emanuel e o Leonardo”, comentou o coordenador.

Ele costuma fazer visitas nas casas dos alunos que apresentam algum problema, para conversar com os pais.  Estes, via de regra, apoiam totalmente o projeto por perceberem mudanças de comportamento nos filhos (para melhor). Em 2019 os alunos deverão fazer amistosos com outras equipes, mas Fábio Rodrigues diz que só participarão os que têm bom comportamento no bairro e na escola.

Cidadania

Leiri Valentin, diretora acadêmica da FEUC, comentou que o projeto não visa somente as aulas de futebol, mas também de cidadania. “Os alunos também têm palestras e todo um envolvimento visando torna-los cidadãos com boa autoestima. Com isso, eles poderão sair das ruas, terão noção de pertencimento”.

Ela destaca que, paralelamente ao Projeto Tigrinho, ocorre o Projeto Oficina do Futuro do clube São Bernardo, em parceria com a FEUC. “A FEUC acredita que o esporte e a educação abrem possibilidades de um futuro para essas crianças”, analisou.

Leiri lembra que são os alunos de educação física da FEUC que fazem todos os treinos e orientações das crianças participantes, as quais têm idade a partir dos 7 anos e até os 16 anos.

Uniformes foram distribuídos pelos representantes da Prefeitura, FEUC e São Bernardo

Confira também

Prefeitura pode ser obrigada a parar com o tíquete, diz Ernani

Tíquete atual é considerado inconstitucional pelo Ministério Público e a Prefeitura estuda o que fazer …

1 Comentário

  1. Fiquei Muito Interessado pelo seu post.Vou acompanhar seu Blog que é muito bom. É TOP ! Esse tipo de conteúdo tem me agregado muito conhecimento.Grato !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *