quinta-feira , 2 julho 2020
Início / Cidade / Ministério Público abre investigação em Mococa

Ministério Público abre investigação em Mococa

Ministério Público abre investigação em Mococa

O Ministério Público (MP) anunciou na última terça-feira (12) a abertura de investigação para apurar a suspeita de improbidade administrativa durante gestão do ex-prefeito de Mococa, Wanderley Fernandes Martins. A estimativa é que o prejuízo chegue a R$ 5 milhões aos cofres públicos.Esta é a quinta investigação em andamento contra o ex-prefeito e assessores, processos que averiguam suspeitas de nepotismo, favorecimento de empresas e veículos de comunicação e fraude em licitação.Em entrevista à EPTV, Wanderley se defende e diz que não praticou qualquer irregularidade durante sua gestão. Disse ter sido citado em ação civil pública, a qual já contestou e apresentou defesa. Quanto às outras ações, afirma que aguarda ser citado para se manifestar.

Segundo o promotor de Justiça, Gabriel Marson Junqueira, a investigação pretende entender como foi feito o direcionamento com o dinheiro público. Segundo ele, as ações movidas contra o ex-prefeito têm as seguintes causas: contratar parentes para cargos públicos comissionados;contratação irregular de bandas para o carnaval de 2018;repasses supostamente irregulares para um jornal com o objetivo de divulgação de suas ações na prefeitura;compra de programas de computador da empresa Acruxx Soluções Inteligentes, cujo dono era o marqueteiro de sua campanha eleitoral, Ricardo Martignano.

 

 

Confira também

Munícipes reclamam e Folharini fala em reativar semáforo na Av. Belmonte

“Entramos em contato com a empresa Sema Seg e pedimos uma visita técnica”, afirma o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *