sexta-feira , 27 novembro 2020
Início / Agricultura / Evento do Sindicato Rural dá início a curso do Senar sobre pecuária leiteira
Imagem ilustrativa

Evento do Sindicato Rural dá início a curso do Senar sobre pecuária leiteira

O Sindicato Rural de São José do Rio Pardo promoveu na quarta-feira, 5 de fevereiro, um evento denominado Sensibilização sobre o Curso de Pecuária Leiteira. O evento faz parte de um curso oferecido pelo Senar e que terá sequência ao longo do ano, dependendo do interesse dos pecuaristas rio-pardenses e da região.

A Sensibilização, na verdade, foi uma apresentação do curso, que é oferecido através de módulos periódicos ministrados por especialistas no decorrer do ano, em locais previamente agendados.

Esse curso tem como público alvo os produtores de leite, os trabalhadores rurais e ainda quem está procurando uma oportunidade para se recolocar no mercado de trabalho. Ele é oferecido de forma inteiramente gratuita aos participantes e, ao final, cada um deles recebe um certificado.

Segundo as informações passadas ao jornal, o curso todo tem uma carga curricular de 400 horas de duração, começando agora em fevereiro e finalizando em novembro de 2020. Ele abrangerá quase todas as áreas do setor da pecuária leiteira, como:

– planejamento da produção;

– alimentação e manejo de animais;

– reprodução e saúde animal;

– criação de bezerros e de novilhas; entre outros.

“É um curso teórico e prático. Como é de longa duração, a aula prática é muito importante. Teremos aula de plantio de canavial, formação de pastagem, conclusão de cerca elétrica. Além disso, contaremos com uma área instalada com irrigação de pastagens, falaremos sobre adubação de pastagem também, assim como anotações zootécnicas”, detalha o zootecnista Rodrigo Vieira de Morais (Casa da Agricultura).

O curso será ministrado aos sábados, a partir das 9 horas, já estando programada uma aula teórica no bairro Santa Manuela. “Quanto aos interessados em participar do programa de pecuária leiteira, que é gratuito, é só ir no sábado, às 9 horas, no sítio Santo Expedito”, conclui Rodrigo.

Confira também

Rodrigo Ribeiro, o “Buiu”, fala sobre referência negra, racismo, e projeto pessoal

Para ele, lei deveria ser mais severa com relação ao racismo No dia 9 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *