segunda-feira , 1 março 2021
Início / Cidade / ‘Euclides da Cunha’ retornou com 20% dos estudantes em aulas presenciais
Professor João Carlos Parisi Lauria e alunos do período da manhã

‘Euclides da Cunha’ retornou com 20% dos estudantes em aulas presenciais

Segundo a direção, maioria dos pais optou por permanecer apenas com aulas remotas

Como medida de segurança após o início da pandemia, as aulas na rede estadual de São Paulo começaram a ser suspensas desde o dia 19 de março. A partir do dia 23 de março de 2020, 100% das atividades presenciais foram canceladas, e os alunos seguiram com o ensino remoto. Após 11 meses sem aulas presenciais, os estudantes das escolas estaduais retornaram ao ambiente escolar na segunda-feira (8), em todo o estado de São Paulo.

A Gazeta do Rio Pardo entrou em contato com a diretoria da escola estadual Euclides da Cunha para saber como foi a primeira semana de aulas presenciais. Silvana Aparecida Pizani Cavalli, diretora, a vice Marisa Buzatto Peres e a coordenadora Rita Luciana Zane, forneceram informações detalhadas sobre o retorno dos alunos, e informaram sobre os protocolos que foram adotados para evitar contágio e aglomeração.  

“Foram muito tranquilos os primeiros dias de aula, todos vieram preparados para cumprir os protocolos que foram previamente compartilhados com as famílias”, afirmou a equipe.

Ensino presencial e remoto

Assim como na rede privada, as aulas estão acontecendo através do ensino híbrido. “Adotamos o ensino presencial com professores e alunos na escola, e remoto, através do aplicativo Centro de Mídias S. P. (CMSP)disponibilizado pelo governo estadual para todos os professores e alunos da rede”, disse Silvana.

 “Enquanto uma porcentagem dos alunos da turma está na escola participando de aulas presenciais com nossos professores, os demais estão em casa com as aulas remotas que são realizadas por professores do C.M.S.P. As aulas na escola são planejadas considerando as aulas do CMSP que são pautadas nas habilidades essenciais previstas no currículo paulista”, destacou a gestão da escola.

A diretora explicou que a Escola Euclides da Cunha se organizou dentro de suas condições físicas e de acordo com o número de   funcionários necessários  para cumprir os protocolos.

20% dos alunos

   A escola possui 644 alunos matriculados. “Recebemos por dia 20% de nossos alunos, cerca de  128 estudantes diariamente. As salas de aula foram divididas em 5 grupos com no máximo 9 alunos, e assim cada aluno vem para escola uma vez por semana. Seguimos as orientações do Governo do Estado de São Paulo, que permite na fase laranja e vermelha até 35% neste início de acordo com as condições de cada escola”, informou.

Alunos ganharam máscaras

Os alunos estão frequentando o horário normal, que já era seguido antes da pandemia, com 7 aulas por dia. Na entrada, como exige o protocolo do Plano SP, é aferida a temperatura de cada um. “São orientados a lavar as mãos com água e sabão nos lavatórios que foram colocados no pátio , higienizam os pés em tapetes higienizadores , as salas de aula estão com as carteiras distanciadas umas das outras e há álcool em gel para os alunos e borrifadores para os professores. Foram fornecidos aos professores e funcionários : máscaras e face shield,  e máscaras também para os alunos”, relatou a diretora.

Lavatórios foram instalados no pátio da escola

Primeira semana

Nas aulas da primeira semana foram trabalhados os protocolos, o acesso ao CMSP( aplicativo) e o acolhimento aos alunos. 

“Organizamos dois horários para intervalo evitando aglomerações e cumprindo sempre o distanciamento , a higienização das mãos antes e depois da merenda e também das mesas entre as trocas de turmas  no refeitório”, prosseguiu Silvana.

Todos os anos já retornaram com o ensino presencial na escola.

Pais preferem aulas remotas

“A maioria dos pais, nesse momento crítico da pandemia em nossa cidade, preferiram ficar com as aulas remotas”, comentou.

“Nesta fase não são obrigatórias as aulas presenciais, porém as remotas são, por isso os pais deverão manter seus filhos no ensino à distância zelando para que realmente  participem das aulas pelo aplicativo CMSP, ou pelos canais da cultura  4.3 e na Sky 75, canal educação”, pontuou .

Silvana pediu aos alunos e responsáveis que tiverem  dificuldade em acessar as aulas remotas, que entrem em contato com a escola para receberem as devidas orientações.

O telefone para contato com a escola Euclides da Cunha é 3608-5333.

Confira também

Prefeitura decretará novo pacote de restrições por 15 dias

Em reunião realizada na noite de ontem, quarta-feira (24), o comitê de enfrentamento à pandemia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *