sexta-feira , 18 outubro 2019
Início / Cidade / Concluída mais uma ‘Cidadania e Justiça’

Concluída mais uma ‘Cidadania e Justiça’

Concluída mais uma ‘Cidadania e Justiça’

Cada escola preparou uma apresentação com temas relacionados ao projeto

 

Em solenidade ocorrida no Salão do Júri do Fórum local no último dia 19, foi encerrada a segunda edição do projeto “Cidadania e Justiça também se aprendem na Escola”. O projeto teve início em março deste ano com a distribuição das Cartilhas da Justiça às crianças dos sextos anos do ensino fundamental.

Todas as escolas públicas da rede estadual e municipal de ensino, com crianças na faixa etária alvo (9 a 11 anos – 6º ano), foram atendidas pelo projeto. Foram distribuídas aproximadamente 700 cartilhas, uma para cada criança.

“O projeto ‘Cidadania e Justiça também se aprendem na Escola’ tem uma formatação experimentada ao longo de anos. Completo meu oitavo ano de projeto. A exemplo dos outros anos, em 2018, após a distribuição das cartilhas, as professoras exploram o conteúdo com as crianças explicando os temas. Depois disso, visito as escolas para uma pequena palestra com as crianças”, explicou o juiz de direito Wyldensor Martins Soares, da Primeira Vara de São José do Rio Pardo.

Segundo ele, a conversa com os alunos no decorrer do projeto é absolutamente informal e há ampla possibilidade de perguntas. A duração de cada aula é de aproximadamente 1 hora. “Neste ano fui acompanhado pela Polícia Militar, representantes da OAB, vereadores, além de ter contado com a participação da oficiala de Registro de Imóveis em uma das escolas”, prosseguiu.

 

Etapa seguinte

Na etapa seguinte às visitas, as crianças preparam uma redação ou uma ilustração com os temas da Cartilha da Justiça. Neste ano houve uma apresentação eletrônica, por meio de slides, com algumas mensagens do projeto, redações e ilustrações das crianças. A apresentação foi exibida no Fórum durante a cerimônia final.

“Como se percebe, a temática é desenvolvida e revisitada ao longo do ano. Não se restringe a um único momento. Assim, acreditamos que as crianças acabam fixando melhor os assuntos tratados na cartilha, que são principalmente sobre a Constituição, os Três Poderes, a função do Juiz, da Polícia, do Ministério Público, dos advogados, dentre outros assuntos cívicos”, mencionou o dr. Will, como é chamado.

 

Objetivos

Segundo o juiz, os objetivos são sempre a introdução de conceitos de organização do Estado e das instituições, fomentando o sentimento de cidadania e despertando o interesse das crianças pela “coisa pública” e pelas carreiras de Estado. Também são passadas noções de “direitos e deveres” e de um processo judicial, tudo de maneira simplificada e apropriada à faixa etária.

Para Wyldensor, os resultados são sempre surpreendentes e a participação das crianças melhora a cada ano. Uma amostra disso, segundo informou, é o que foi exibido por elas na solenidade de encerramento no Fórum.

 

Solenidade

A solenidade de encerramento ocorrida no dia 19 contou com a presença da promotora de Justiça Marília Molina (1ª Vara), do prefeito Ernani Vasconcellos, do vereador Rafael Kocian, do sargento Gilmar (Polícia Militar), do delegado Ivan Wholers, da supervisora regional de ensino Rosa Helena Marquitti, da secretária municipal de educação Kátia Gomes de Alencar, das advogadas Ana Cláudia Junqueira Franchi e Patrícia Carla Ratine Frigo, além de professores, diretores de escolas e cerca de 120 crianças.

Após a exposição de slides com algumas das produções do projeto, cada escola preparou uma apresentação com temas de “Cidadania e Justiça”. Foram poemas, jograis, músicas e leituras de texto, os quais, segundo o dr. Will, abrilhantaram e fecharam em grande estilo o trabalho deste ano.

 

Agradecimentos

“Nesta oportunidade gostaria de agradecer a todos os envolvidos no ‘Projeto Cidadania e Justiça também se aprendem na Escola – Ano II – São José do Rio Pardo’, especialmente aos ilustres professores, Polícia Militar, Câmara de Vereadores, Ordem dos Advogados do Brasil – subseção de São José do Rio Pardo, Secretaria Regional de Ensino de São João da Boa Vista, Secretaria Municipal de Educação e ao Jornal Gazeta do Rio Pardo pela divulgação, reforçando o convite para a edição 2019 – nosso terceiro ano!”, concluiu.

FOTOS

O Salão do Júri do Fórum ficou lotado para a solenidade de conclusão do projeto

 

Autoridades que estiveram presentes no evento realizado segunda-feira, dia 19

 

 

 

Confira também

Campanha Ecolacre entrega mais 20 cadeiras de rodas

Mais 20 cadeiras de rodas foram destinadas pela Renovias para entidades de diversas cidades da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *