sexta-feira , 18 setembro 2020
Início / Cidade / Com vendas em alta, comércio espera bom resultado no Dia dos Pais
Paulo César Olivieri durante a entrevista à rádio Difusora

Com vendas em alta, comércio espera bom resultado no Dia dos Pais

Vendas de junho e julho aumentaram em 80%, diz Paulo Olivieri, presidente da Associação Comercial e Industrial

O presidente da ACI (Associação Comercial e Industrial), Paulo César Olivieri, concedeu nova entrevista à rádio Difusora FM no dia 3 de agosto e falou sobre o ‘Dia dos Pais’ no comércio, além de abordar a situação das vendas nos últimos dois meses, que aumentaram bastante.  Paulo comentou sobre as medidas econômicas do governo federal, vendas online e pregou respeito ao protocolo de saúde durante a pandemia, além de citar a dificuldade de financiamento para pequenas empresas.

Vendas 

“As vendas de junho e julho aumentaram gradativamente. Alguns colegas e empresários já disseram que estão em um patamar de 80% de vendas, comparado a um período semelhante sem a pandemia. As empresas essenciais até potencializaram as vendas. Para as que voltaram agora, na fase laranja, estão entre 70% e 80% de recuperação em vendas. Melhorou muito”, confirmou o presidente da ACI. “A questão de contratação de funcionários eu entendo que é prematuro falar, exceto as empresas essenciais, que estão, sim, contratando, e que estão aquecidas. Mesmo porque eu acho que a população consegue suprir as necessidades com essas empresas”.

Prejuízo

“O prejuízo do tempo em que o comércio ficou parcialmente aberto, não teve como ser evitado. As empresas têm um custo fixo que irão manter, colaboradores que parcialmente são mantidos com subsídios do governo, isso é muito importante. O prejuízo, mesmo com a ajuda do governo, foi grande. Com o tempo e com a flexibilização, isso será recuperado aos poucos”, previu Paulo. “Há aquelas que que mantêm um serviço limitado, só que o faturamento é muito prejudicado. As empresas pequenas precisam ter uma estrutura grande de logística e isso é caro, acaba encarecendo o produto e atualmente não estão tendo condições de repassar esse custo. É essencial que nossa saúde dê conta dos atendimentos para que possamos mudar de fase e normalizar essas empresas”.

Medidas econômicas

“As medidas econômicas são essenciais e estão ajudando a segurar o PIB. Mesmo porque, com esse subsídio que o governo paga dos salários das empresas que estavam inativas, a economia não parou, ela continuou. Os R$ 600 foram muito importantes também, conseguiram aquecer e não parar a economia. Eu entendo que essa linha do governo está bem coerente com a realidade que estamos passando”, avaliou ele. “Nosso sistema bancário é muito seguro, mesmo porque o governo está subsidiando até 85% do dinheiro emprestado, e mesmo assim nosso sistema bancário segura um pouco e exige demais, no quesito de garantias, e a empresa pequena nem sempre consegue suprir todas as garantias exigidas. Esse sistema precisa repensar e liberar. Se as empresas menores não tiverem ajuda, vão demitir funcionários, falir, e isso a nível de PIB não é bom”.

Dia dos Pais

Indagado sobre a expectativa dos comerciantes acerca do Dia dos Pais, o presidente da ACI disse que há um otimismo contido, já que os comerciantes estão cientes de que, com as restrições impostas pela Covid, até as propagandas ficam limitadas.

“Os comerciantes e empresários podem divulgar promoções para o Dia dos Pais através das mídias eletrônicas, mas não podem fazer nada que cause grande impacto, porque vai gerar fila e aglomeração, e isso está proibido pelo decreto municipal. A ACI está fazendo uma promoção online, sorteando uma caixa de som JBL para estimular o nosso consumidor a comprar na cidade e contribuir com toda a nossa economia. Todos esses impostos arrecadados voltam em benefício da sociedade de São José do Rio Pardo”, observou.

“As vendas online estão sendo adotadas pela maioria das empresas. Para as pequenas, é mais difícil porque elas vendem uma roupa, por exemplo, aí o cliente experimenta e não serve, pede para trocar e eles precisam dar todo um tratamento àquela roupa que foi experimentada, a nível de contaminação. Existem vários fatores que dificultam, a gente vê no dia a dia dos empresários. As vendas online suprem apenas as empresas que já estavam com toda a tecnologia, com toda estrutura. É válido para todos, claro, mas gera uma consciência para estar sempre aprimorando, visualizando esse mercado. Mas o comércio não vai descartar as vendas online. Ele está dando esse benefício aos consumidores”, disse.

Protocolo

“A base dos protocolos de combate ao covid-19 no comércio é a cartilha. Os empresários devem consultar a cartilha e se adequar às atividades. Se existir alguma dúvida, podem procurar a Vigilância Sanitária, a ACI também fará pesquisas para tirar dúvidas desses empresários. Eles devem ficar atentos às mudanças de fase. Quando o estado muda a fase, o município edita algum decreto, que deve ser seguido à risca, embora o município possa agravar além do decreto estadual”, lembrou.

Multas

“Foram aplicadas multas por descumprimento das regras impostas no âmbito municipal. Com relação a multas da Vigilância Sanitária, que está fazendo fiscalização, não houve nenhuma autuação. Nossos empresários estão seguindo à risca todas as medidas. Importante destacar que os estabelecimentos precisam ter o cartaz oficial, colorido, com a resolução nas entradas. Outros cartazes não valem, só aquele. No aplicativo da ACI nós disponibilizamos este cartaz. Quem não utilizar esse cartaz, será multado. Porque a fiscalização entenderá que não tem como cumprir as medidas sem esse cartaz de aviso a quem entra nas lojas”, encerrou.

Confira também

Eleições: por causa da pandemia, votação não será por biometria

Este ano, votação começará mais cedo: seções abrirão às 7h00 e funcionarão até às 17h00 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *