segunda-feira , 21 junho 2021
Início / Cidade / Além do rímel e do batom
Jéssica é formada em Maquiagem Cênica, pelo Senac Botucatu

Além do rímel e do batom

Gilmar Ishikawa

Conheça o trabalho de Jéssica Cesário, que faz sucesso com maquiagem artística

Depois que os filtros tomaram conta das redes sociais, toda fotografia ganhou requintes de glamour. Mas longe da tecnologia, há também quem domina com maestria a vaidade dos rostos. É o que faz da maquiadora Jéssica Cesário, uma artista da transformação facial. 

Ela passou a atuar neste segmento de mercado em São José, no ano de 2014, de lá para cá, ministrou aulas de maquiagem social em uma escola de qualificação profissional, e pelos seus treinamentos passaram umas 80 pessoas. A atividade continuou até 2017, quando se mudou para São Paulo. Com problemas de saúde, retornou e vem dando sequência ao trabalho na área de formação profissional. “Neste período de pandemia, essa procura até aumentou”, informa.

Além da maquiagem social – aquela comum das festas de casamentos, por exemplo – a grande paixão da maquiadora é o trabalho artístico, onde ela diz que se realiza. Esta modalidade é a responsável pela caracterização e efeitos especiais de rostos e corpos, seja para fotografias, espetáculos ou cinema.

Premiada

Concurso Colormake Stars

A técnica e a qualidade do trabalho a levaram para a montagem de alguns espetáculos musicais em São José, promovidos pelos estúdios das rio-pardenses Laís Viana e Liliane Prince. Além disso, também esteve na produção do filme independente “Estranhas cotoveladas” (2020), do diretor e cineasta rio-pretense, Reinaldo Volpato, trabalho que seu deu por indicação do Senac Botucatu.

Seu trabalho também mereceu destaque no Concurso Colormake Stars – na categoria de efeitos especiais em maquiagens do tema Horror, em 2019.

Além da maquiagem social, o público jovem é o maior consumidor da arte facial criada pela maquiadora Jéssica Cesário.

Antes da pandemia, ela realizou alguns trabalhos para festivais de músicas eletrônicas – eventos que desapareceram neste período da pandemia. Sua “última festa”, como disse, antes desta fase do mundo, foi no pré-carnaval do ano passado, produzindo pessoas num evento em Campinas.

Vivendo da arte

Formada em Maquiagem Cênica, pelo Senac Botucatu, aos 28 anos de idade, e tendo este como único trabalho, ela diz que a arte da maquiagem ainda está longe do reconhecimento financeiro. Conforme relata, por enquanto o investimento é maior do que o lucro, mas ela tem amor pelo que faz. “Mantém a vida. Arte é o que me mantém”, diz.

Em tempos de pandemia, buscou a reinvenção. Vem desenvolvendo projeto de estamparia manual, criando peças de vestuário, principalmente camisetas, material que aos poucos e de maneira ainda tímida começa a comercializar.

Jéssica trabalha com maquiagem desde 2014

O trabalho de Jessica Cesário pode ser conferido por meio das redes sociais, nos perfis de Instagram: @jesscesariomakeup e @jesscesario_artestamparia ou ainda no seu portfólio, no endereço https://jessycesariomakeup-portfolio.blogspot.com.

Confira também

Com falta de vacinas, estudo clínico avalia eficácia de meia dose da AstraZeneca

Pessoas com neuropatias crônicas foram inseridas no grupo prioritário de vacinação O Brasil atingiu 500 mil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *