segunda-feira , 9 dezembro 2019
Início / Cidade / 55% dos internautas apoiam a abertura das lojas em domingos e feriados

55% dos internautas apoiam a abertura das lojas em domingos e feriados

Conforme publicado na edição passada, o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, assinou uma portaria que ampliou de 72 para 78 o número de categorias autorizadas a funcionar aos domingos e feriados.

Por meio dessas alterações, os funcionários terão direito a folgar em outro dia da semana, mantendo o que prevê a CLT. Para o secretário, isso contribuirá com a geração de novos empregos. Gazeta do Rio Pardo elaborou uma enquete sobre o tema para saber o posicionamento dos munícipes.

A enquete recebeu 114 votos na página do Facebook. Dos que votaram, 55% são a favor dos estabelecimentos abrirem aos domingos e feriados e 45% das pessoas não concordam com a decisão.

Comentários

Separamos alguns comentários que expressam a opinião dos internautas. Só o primeiro nome dos leitores, porém, foi citado.

“Demorou, não deveria ter regras para o funcionamento do comércio, abre quem quiser trabalhar, independente do dia e hora, o comércio e os consumidores se adaptam rapidinho, quem não quiser, não abre, não é obrigado abrir…”, opina Roberto.

“Pra quem está votando sim, vão trabalhar vocês no comércio de domingo e feriado.”, diz Diego.

“É fora de base isso, meu Deus! Querem matar os funcionários de tanto trabalhar!  Já não temos vida pra nada. Trabalhando até sábado às 17:00. Agora domingos e feriados. O que vamos fazer com folgas no meio na semana? Nada !!!! Vamos ter que morar nos estabelecimentos desse jeito. Não pode comparar São José do Rio Pardo com cidades grandes e shopping! Aqui em São José não tem nada! Nenhum ponto turístico!  Se de semana e sábado o fluxo de pessoas caiu, vocês acham que as pessoas vão vir em feriados e domingos nas lojas comparem? Isso é uma falta de respeito com os funcionários do comércio! Queria ver se fosse o pessoal que trabalha nos sindicatos ou alguém da família deles que trabalhasse no comércio. É muito cansativo  o comércio. De semana trabalhamos das 8:30 às 18:30. De sábado, das 9 às 17 todos os sábados. Final de Ano praticamente 3 semanas abrindo até às 22:00. E agora isso? É desanimador! Ninguém faz nada pra ajudar o pobre trabalhador. Domingo é sagrado e feriado é dia de descanso. Quem realmente quer comprar sabe muito bem os horários de funcionamento dos estabelecimentos. Palhaçada isso! Muito revoltante e desgastante para os funcionários!  Gente, onde o Brasil vai parar desse jeito ?????”, desabafa Gabriele.

Por Júlia Sartori

Confira também

Prazo para cadastro biométrico acaba dia 19

Eleitores que não realizarem o recadastramento terão o título cancelado O recadastramento biométrico está quase …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *