Início / Regionais / Itobi realiza o terceiro ‘Orgulho Negro’

Itobi realiza o terceiro ‘Orgulho Negro’

Itobi realiza o terceiro ‘Orgulho Negro’

Evento começou no dia 10 de novembro e foi realizado até a penúltima quarta-feira, dia 14

 

Em 20 de novembro comemorou-se o Dia da Consciência Negra em todo o Brasil, ainda que a data não seja feriado em todos os municípios, como em São José do Rio Pardo, por conta do limite de feriados imposto pela legislação nacional. Por conta da Semana Euclidiana, que contabiliza um feriado a mais em São José, a data em homenagem à raça negra não é feriado municipal.

De qualquer forma, foi nesse dia, 20 de novembro de 1695, que morreu Zumbi dos Palmares, maior e mais conhecido líder do Quilombo dos Palmares, que  tornou-se um símbolo de luta e resistência contra a escravidão, sendo escolhido pelo movimento negro nacional para representar o Dia da Consciência Negra. A data foi estabelecida pela Lei 12.519/2011.

Em razão dessa data, foi idealizado em meados de 2016 o evento Orgulho Negro em  Itobi, pelos educadores da cidade Ageu Carvalho Candido, Maria Cecilia Graciano e Diana Bento da Silva.

O evento é feito em parceria com a Escola Rita de Macedo Barreto e, em 2018, trouxe novidades, abordando questões Culturais e Religiosas, do dia 10 ao dia 14 de novembro.

No primeiro dia da Semana do Orgulho Negro 2018 houve diversas apresentações, com grupo de teatro Dandara, grupos de Rap Mafia Crew e Empodera Elas, grupo de B Boys Authentics Crew e grupo de Capoeira Filhos do Bonfim, palestras sobre a Gênese do Hip Hop, com Mario Castro Jr , Mulher Negra no mercado de trabalho, com Janaina e Pamela, e Sistemas de Cotas no Brasil, com Marina Gizzi; e uma oficina sobre Samba de Gafieira, com Alexandre Cardoso .

No segundo dia houve palestras sobre Hipertensão Arterial na Raça Negra, com Fabricio Neves, e panorâmica sobre Educação em Cuba, com Vivian Neves, além da exibição dos filmes Besouro e Felicidade Por um Fio .

Dando continuidade ao evento, ocorreu um Culto Religioso no pátio da Escola no dia 12, com a ministração do grupo de rap gospel Ressurreição, de Americana, e testemunho do pastor Rogério Cantalicio sobre o Semeador, de Poços de Caldas.

Pra finalizar, ocorreu  o 3° Desfile do Orgulho Negro na Pastoral de São Sebastião , em prol da Escola , onde participaram vários alunos e moradores da cidade.

Marina Gizzi falou sobre o sistema de cotas nas universidades, durante os eventos em Itobi

 

Confira também

Amigos do João Pedro Barbosa e do Djalminha farão jogo festa e beneficente dia 19-12-2018 no campo do Vasco

Amigos do João Pedro Barbosa e do Djalminha farão jogo  festa e beneficente dia 19-12-2018 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *