Início / Brasil & Mundo / PM recaptura 20 dos 37 presidiários libertados por quadrilha na SP-338

PM recaptura 20 dos 37 presidiários libertados por quadrilha na SP-338

A Polícia Militar conseguiu recapturar 20 dos 37 presidiários libertados por uma quadrilha na manhã desta sexta-feira (7) na SP-338, que liga Mococa (SP) a Cajuru. Dois dos criminosos foram encontrados no fim da tarde e outros três durante a noite em uma ação que mobilizou policiais de toda a região. O grupo foi transportado para Mococa no mesmo caminhão da Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP) que havia sido interceptado pelos bandidos. Um dos seguranças que estava no carro-forte morreu durante o ataque que levou à fuga de detentos que estavam sendo transferidos de unidade prisional. A polícia ainda busca os outros 20 presos que estão foragidos.

Carro usado pela quadrilha tinha vidros cortados para uso das armas (Foto: Paulo Souza/EPTV)
Carro usado pela quadrilha tinha vidros cortados
para uso das armas (Foto: Paulo Souza/EPTV)

Os outros seguranças que estavam no carro-forte foram para a delegacia de Mococa. O veículo que transportou o grupo recapturado estava danificado e parou de funcionar assim que chegou à delegacia. O problema no automóvel foi causado porque os presos que escaparam destruíram parte da cabine e cortaram a fiação elétrica do caminhão.

A polícia apreendeu as armas que pertenciam à empresa de segurança: duas espingardas calibre 12, um revólver calibre 38 com 24 munições, um carregador de calibre 762, munições de calibre doze e de fuzil.

Além disso, no veículo que transportava os presidiários, também foi quebrada uma câmera traseira que transmitia imagens dos presos para a cabine. Um pó branco foi jogado no local pela quadrilha para limpar as digitais. Os presos que foram encontrados após a fuga haviam sido divididos em dois carros e levados para a Penitenciária de Casa Branca (SP), no entanto um caminhão da SAP chegou e realizou o transporte.

Em nota, a empresa Protege, responsável pelo carro-forte, afirmou que aguarda a apuração do ocorrido por parte da polícia. “Em relação ao ocorrido hoje, nesta sexta-feira, 07 de agosto,  na região de Mococa, com um de seus carros de transporte de valores, a Protege informa que aguarda a apuração dos fatos e, para isso, colabora com as autoridades policiais em sua investigação”, explica o comunicado.

Fonte: G1 http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/08/pm-recaptura-17-dos-37-presidiarios-libertados-por-quadrilha-na-sp-338.html

Confira também

‘Ele salvou a vida do meu filho’, diz mãe sobre rottweiler que alertou convulsão

Menino de 6 anos estava dormindo quando começou passar mal Por Aline Ferrarezi, do G1 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *