segunda-feira , 21 junho 2021
Início / Política / Produtores de leite esperam Bolsonaro em Mococa

Produtores de leite esperam Bolsonaro em Mococa

Presidente foi convidado para evento com produtores rurais no dia 1º de junho

O presidente da República, Jair Bolsonaro, é esperado para um evento com produtores de leite, amanhã, dia 1º de junho, em Mococa, data em que é lembrado o Dia Internacional do Leite. Embora já tenha declarado aceitação ao convite, Bolsonaro ainda não confirmou presença – o que se dá também por razões de segurança, sendo praxe que confirme apenas às vésperas do evento.

De acordo com os organizadores do 1º Encontro de Agricultores de Café e Produtores de Leite de Mococa e Região, estão confirmadas as participações dos deputados federais Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli e Emidinho Madeira, além dos estaduais Valéria Bolsonaro e Frederico D’Ávila.

Também foram confirmadas as presenças dos ministros, Ricardo Salles (Ministro do Meio Ambiente) e Tarcísio Freitas (Ministro da Infraestrutura). Havia previsão da participação de Teresa Cristina Corrêa da Costa, da Agricultura, entretanto, é incerta a vinda dela.

A visita do presidente vem sendo articulada há alguns meses, resultado da presença recente das deputadas Carla Zambelli (federal) e Valéria Bolsonaro (estadual) à região, na mobilização de apoiadores do setor agroindustrial para a formação do Partido Aliança Pelo Brasil. Uma comitiva de mocoquenses e rio-pardenses esteve em Brasília recentemente, quando do convite inicial para a vinda de Bolsonaro.

O 1º Encontro de Agricultores de Café e Produtores de Leite de Mococa e Região está marcado para ocorrer no dia 1º, no Vale Imperial Eventos, e além das presenças das autoridades falando sobre temas do setor, contará com almoço e café da manhã por adesão, no valor de R$ 180,00 por pessoa, com número limitado de convidados.

Confira também

Com falta de vacinas, estudo clínico avalia eficácia de meia dose da AstraZeneca

Pessoas com neuropatias crônicas foram inseridas no grupo prioritário de vacinação O Brasil atingiu 500 mil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *