Início / Cidade / Vacinação contra gripe é antecipada na cidade
A segunda etapa começará dia 22 e abrangerá grupos maiores de pessoas

Vacinação contra gripe é antecipada na cidade

Na edição anterior do jornal impresso Gazeta, foi publicada uma matéria com informações passadas pela Vigilância em Saúde sobre a data inicial da campanha de vacinação contra a gripe: 15 de abril. No entanto, a data foi antecipada oficialmente para o dia 10 de abril, próxima quarta-feira, para que haja maior abrangência e divulgação perante os moradores.

“Na primeira etapa, que vai do dia 10 de abril até dia 19, serão vacinadas crianças de 6 meses até menores de 6 anos, puérperas até 45 dias após o parto, e gestantes em todas as idades gestacionais”, explica Gisele Flausino, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

“A partir do dia 22 de abril, entraremos na segunda etapa da campanha, incluindo os grupos anteriores. Mantendo crianças, gestantes, puérperas e vamos entrar com o grupo de comorbidades, mediante a prescrição médica indicando qual comorbidade a pessoa porta. Professores de escolas públicas e privadas com comprovação do vínculo, trabalhadores da área da saúde, tanto de hospitais, postos de saúde quanto de clínicas particulares, e idosos acima de 60 anos”, completa Gisele.

O dia D permanece na data prevista: sábado, dia 4 de maio, das 07h00 às 17h00. “Esse ano estaremos com o Centro de Saúde aberto das 08h00 às 17h00, assim como os PSF dos bairros já divulgados” prossegue a enfermeira, referindo-se aos postos de vacinação do Cassucci, Vale, etc.

A população estimada de munícipes dentro dos grupos de risco a serem vacinados esse ano em São José do Rio Pardo, aumentou em relação ao ano passado, para mais de 16.000. A meta é imunizar 90% dentro da população rio-pardense, de cada grupo vacinal.

“Esse ano estamos tendo mudanças na composição dessa vacina, então é muito importante a imunização”, diz Gisele.

Carteira

É obrigatório no caso de crianças que os responsáveis levem a carteira de vacinação, assim como as gestantes, para que seja calculada a dose da vacina e retornos necessários. “Na oportunidade da H1N1 também estarão sendo ofertadas outras vacinas para regularização do calendário” finaliza a enfermeira.

Confira também

Apenas 32% dos moradores de São José trabalham, diz o IBGE

E só 36% dos recursos utilizados na cidade são gerados no próprio município Levantamento do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *