segunda-feira , 12 abril 2021
Início / Cidade / Para evitar entrada de turistas, município implanta barreira sanitária
Noite de sexta-feira (26) ( Divulgação: Prefeitura Municipal)

Para evitar entrada de turistas, município implanta barreira sanitária

As equipes da Vigilância Sanitária estão aferindo a temperatura e fazendo orientações, mas não estão proibindo a entrada de pessoas na cidade

Começou ontem, sexta-feira (26), a implantação de barreiras sanitárias no município, para coibir a disseminação do coronavírus ao longo dos feriados prolongados da capital paulista. As 15 cidades que compõem o CONDERG (Aguai, Aguas da Prata, Caconde, Divinolândia, Espirito Santo do Pinhal, Itobi, Mococa, Santa Cruz das Palmeiras, Santo Antônio do Jardim, São João da Boa Vista, São Jose do Rio Pardo, São Sebastiao da Grama, Tambaú, Tapiratiba, Vargem Grande do Sul) tomaram a medida em conjunto, para evitar a presença de turistas .

A ação foi aprovada nesta sexta, durante uma reunião virtual dos prefeitos. Alguns municípios farão a contenção por barreiras sanitárias, e outros farão o controle interno de circulação.

Em São José do Rio Pardo, as equipes da Vigilância Sanitária estão aferindo a temperatura e fazendo orientações, mas não estão proibindo a entrada de turistas. A Guarda Civil Municipal e os Bombeiros Civis também orientam veículos que vêm a passeio, para que retornem a sua origem. Segundo a Vigilância, multas foram e serão aplicadas para quem circula dentro do horário de restrição compreendido entre 20h e 5h da manhã. Para quem trabalha, será solicitada comprovação da atividade ou local de trabalho.

As barreiras funcionarão até domingo (28). A ação está sendo realizada na Avenida Perimetral.

Confira também

Madrugada de terror: bandidos dominam o centro e roubam bancos em Mococa

Por volta das 2h00 da madrugada desta quarta-feira, bandidos fortemente armados invadiram o centro de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *