quarta-feira , 29 novembro 2023
Início / Colunas / Lentidão

Lentidão

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 07 DE NOVEMBRO DE 2023

Leandro Mazzini
Com Walmor Parente, Carol Purificação e Tom Camilo

Oito anos após a tragédia causada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), os processos na Justiça se arrastam. Dois crimes já até prescreveram pela demora na tramitação: destruição de plantas de logradouros públicos e propriedades privadas e destruição de florestas ou vegetação protetora de mangues. A denúncia, de 2016,  acusou 21 pessoas físicas por crime de homicídio qualificado com dolo eventual pela morte de 19 pessoas que foram soterradas e carregadas pela lama que desceu da barragem da Samarco – empresa controlada pelas mineradoras Vale e BHP Billiton. O então presidente da mineradora, Ricardo Vescovi de Aragão, prestará depoimento à Justiça Federal amanhã. Se um dia a denúncia do Ministério Público Federal for recebida, os acusados podem ir a júri popular e serem condenados a até 54 anos de prisão, entre outras penalidades.

Crédito extra

Em meio ao contingenciamento de recursos para áreas como saúde e educação, o Governo brasileiro banca contas de organismos internacionais. Foram quase R$ 90 milhões – em crédito extra aberto no orçamento deste ano – para contribuições ao Instituto Social do Mercosul,  Fundo Internacional de Combate à Fome, entre outros.

Cartas

Todo-poderoso ministro do governo Lula e cotado para o STF, Flávio Dino segue dando as cartas na política do seu Estado (Maranhão). Emplacou o aliado, deputado federal Duarte Júnior, como pré-candidato a prefeito da capital maranhense para as eleições de 2024. Dino agora costura o apoio de outros partidos para formar uma frente ampla em torno da candidatura de Duarte.

No páreo

Nem Flávio Dino (Justiça), nem Bruno Dantas (TCU) e nem Jorge Messias (AGU). Quem tem acompanhado de perto a articulação da indicação à vaga no Supremo Tribunal Federal diz que o presidente Lula da Silva não descarta indicar uma magistrada negra. E o nome da desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho 23ª Região, Adenir Alves da Silva Carruesco, voltou a ser mencionado em conversas reservadas no Planalto.

Som da liberdade

O fato de o filme Som da Liberdade ter sido divulgado primeiramente pelos bolsonaristas o tornou alvo de críticas partidárias e ideológicas. O filme – baseado em uma operação do FBI – narra uma história real de resgate de crianças hondurenhas traficadas para outros países e é dirigido por ninguém menos que Mel Gibson e estrelado por Jim Caviezel.

Verba

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, já tem gabinete com staff e despacha no  3º andar do Palácio do Planalto, a pouco metros do gabinete do presidente Lula da Silva. O recado que está dando agora para os ministros palacianos é que ela quer verba, pois os seus eventos, atualmente, são patrocinados pela Secom ou pelo Banco do Brasil.

ESPLANADEIRA

# Escritora Cléo Agbeni Martins lança dia 09 sua 16ª obra “A Travessia”. # Presidente da Comissão de Precatórios da OAB-RJ, Eduardo Gouvêa, realiza dia 10 palestra em SP. # Z1 e idwall fecham parceria para atender à Resolução do BC de combate a fraudes fiscais. # Instituto Ethos realiza Conferência Ethos 360° em São Paulo em comemoração aos seus 25 anos. # Rei da Angola participa hoje de coletiva de imprensa no Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira (Muhcab). # CCJ do Senado retoma hoje a discussão e votação da Reforma Tributária.

Confira também

Abertura especial do comércio tenta impulsionar as vendas no período natalino

Parceria entre poder público, ACI e Sincopar busca atrair os consumidores e gerar empregos temporários …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *