quinta-feira , 2 julho 2020
Início / Cidade / Novo projeto cultural, ‘MSM’, envolve várias cidades

Novo projeto cultural, ‘MSM’, envolve várias cidades

Um novo projeto cultural está sendo formado na região: o ‘M.S.M’, abreviatura de Monte Santo de Minas, mas que tem administração em Casa Branca, serviço de mídia em São José do Rio Pardo, centro de ensaios em Monte Santo e elaboração em Uberaba. O projeto tem como principal objetivo levar cultura para moradores das cidades de baixo ou quase nenhum incentivo cultural. O M.S.M, segundo seus responsáveis, conta com uma elite artística qualificada e preparada para oferecer o melhor do entretenimento artístico.

Além disso, o projeto conta com ajudas sociais e realiza desenvolvimentos artísticos através de palestras motivacionais e artísticas. Também ministra workshops (gratuitos) para melhoria dos jovens em processo de desenvolvimento. O M.S.M é um projeto privado que se mantém através de apoiadores e patrocinadores.

Espetáculo

“O entretenimento artístico é chamado de espetáculo show, onde envolve teatro, música e dança, dentro da mesma composição. Nós utilizamos de um espetáculo que envolve recitações poéticas, dança, canto e música de uma forma compilada”, diz Marcel Cônsolo, diretor geral, falando ao jornal.

O espetáculo terá um custo acessível à população, e não excederá o valor de R$10,00, quando puder ser apresentado presencialmente, após o término das restrições impostas pelo governo estadual paulista aos municípios.

M.S.M

“O nome foi uma forma de homenagear a prefeitura de Monte Santo de Minas. A Prefeitura da cidade nos abriu as portas, arrumando lugares para ensaiarmos e toda a estrutura       que nós precisávamos. O projeto está escrito há um ano e meio, mas só agora conseguimos conclui-lo”, contou Marcel.

 O M.S.M conta com uma administração geral, que é feita por Sidnei Júnior Vasconcellos; fotografia de campo e mídias gerais são feitas por Vagner Acera; Juliana Oliveira Duarte é coreógrafa, Marcel Cônsolo diretor geral e instrutor de teatro, e Marcelo Morangoni, membro do grupo artístico.

“Somos o primeiro grupo da região a ser interestadual. A administração geral fica em Casa Branca, a mídia fica em São José do Rio Pardo, o CT de ensaio fica em Monte Santo de Minas, e a elaboração e desenvolvimento fica em Uberaba. São quatro cidades envolvidas para um projeto só”, explicou o diretor geral.

Turnê

“Temos um cronograma de dez cidades que estamos negociando para fazer as apresentações. Atualmente já fechamos com essas cidades, mas as apresentações foram adiadas por conta do coronavírus”, relatou Marcel.

As datas serão definidas posteriormente. As apresentações serão realizadas nas seguintes cidades: Monte Santo de Minas, São José do Rio Pardo, Mococa, São João da Boa Vista, Casa Branca, Caconde, Poços de Caldas, Mogi Mirim e Guaxupé.

Os dois apoiadores do projeto em São José do Rio Pardo são o Studio Luana Consolini e Maura Oliveira.

Contato

Os interessados em conhecer mais sobre o projeto, ou apoiar, é só entrar em contato pelo WhatsApp (19) 99180-9400 e falar diretamente com o diretor geral, Marcel Cônsolo.

Confira também

Munícipes reclamam e Folharini fala em reativar semáforo na Av. Belmonte

“Entramos em contato com a empresa Sema Seg e pedimos uma visita técnica”, afirma o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *