terça-feira , 19 novembro 2019
Início / Cidade / Duas escolas rurais podem fechar por falta de alunos
“Alunos de diferentes séries do ensino fundamental tendo aulas numa mesma sala”

Duas escolas rurais podem fechar por falta de alunos

Santa Amélia, com 25 alunos, e Barreirinho, com 17, estão com o problema

A Secretaria Municipal da Educação analisa a possibilidade de encerrar, em 2020, as atividades em duas escolas da zona rural: a da Fazenda Santa Amélia e a do Barreirinho. Motivo: a falta de alunos nas duas unidades escolares.

De acordo com informações da Secretaria, esse problema vem se agravando nos últimos anos nas duas escolas rurais, a ponto de elas estarem funcionando em 2019 com salas definidas como multisseriadas – alunos de diferentes séries do ensino fundamental tendo aulas numa mesma sala.

Esta prática, como reconhecem as professoras das escolas e a própria secretária municipal da Educação, Kátia Luzia Ferreira Gomes de Alencar, acaba prejudicando o trabalho pedagógico e a própria qualidade do ensino ministrado aos alunos, já que eles têm níveis escolares totalmente diferentes.

Kátia destaca ainda que, havendo o encerramento das atividades nas unidades em 2020, os estudantes serão realocados para outras escolas do município, o que já foi explicado para os pais de alunos em reuniões realizadas pela Secretaria.

“São José do Rio Pardo ainda é um dos poucos municípios do Estado a manter unidades escolares em comunidades rurais, mas a cada ano a manutenção delas vem enfrentando dificuldades”, diz a assessoria de imprensa da Prefeitura.

Na zona rural de São José existem hoje cinco escolas sob responsabilidade da Prefeitura: Água Fria (80 alunos), Venerando (85 alunos), Sítio Novo (75 alunos), Barreirinho (25 alunos) e Santa Amélia (17 alunos).

Confira também

Chuvas acumulam 146 mm de água e afetam abastecimento

Saerp diz que houve aumento de detritos e sedimentos nas águas do rio Pardo A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *