Início / Últimas Notícias / Secretaria discute regularização do Conselho de Saúde

Secretaria discute regularização do Conselho de Saúde

 

Representantes do Conselho Estadual de Saúde (CES) e Secretaria Municipal de Saúde trataram na semana passada sobre a regularização do Conselho Municipal de Saúde de São José do Rio Pardo (CMS). O encontro foi articulado pela Divisão Regional de Saúde – DRS – de São João da Boa Vista.

O objetivo foi encontrar solução para regularizar o CMS que se encontra vacante desde a saída de alguns membros.

A reunião contou com a participação do secretário executivo do CES – o médico Belfari Garcia Guiral, a diretora técnica do Centro de Desenvolvimento e Qualificação do SUS (CQD) – Dânya Fonseca Marcondes, a assessora técnica Cássia Tubone, além da secretária municipal de Saúde, Márcia Biegas, a assistente social Márcia Kindemann e coordenadora Marcia Ribeiro Lopes Curi.

De acordo com a secretária Marcia Biegas, seguindo as recomendações e orientações do CES, deverá ser realizado um novo processo eleitoral para substituição dos representantes dos segmentos que se ausentaram da composição do CMS.

Todos os trâmites para a escolha, seguindo as orientações do CME, já estão em andamento. A previsão é de que eleição e posse dos novos membros aconteçam no próximo mês de maio.

 

 

Aumenta a procura pelo serviço público de saúde

Levantamento realizado pela coordenação do PPA Central aponta que a população tem buscado cada vez mais atendimento no serviço público de saúde.

 

Os dados confirmam uma tendência que se apresenta por todo o país desde 2015 e, em parte, podem ser explicados pela crise econômica, especialmente o desemprego, que deixou muita gente fora dos planos de saúde.

 

A Secretaria Municipal de Saúde monitora os novos atendimentos desde o ano passado. Conforme apurado, de agosto a dezembro de 2017, foram registrados 800 novos prontuários no PPA Central. Já em 2018, de janeiro a março, foram 480. E, de março até os primeiros dias de abril, já são 66 novos prontuários.

 

Mais exames

Outro levantamento da Secretaria de Saúde aponta que também houve aumento na demanda por exames.

Apenas para efeito de exemplo, de acordo com os números da Unidade de Avaliação e Controle (UAC), em 2016 foram realizados 28 procedimentos de colonoscopia; no ano passado foram 61; e nos primeiros dois meses de 2018, foram 20 exames.

Outro procedimento em que houve aumento na demanda foi endoscopia. Em 2016 foram registrados 81 exames; no ano passado, 123; e nos primeiros dois meses de 2018 foram 14.

Já no Pronto Socorro, os exames de radiografia passaram de 12.256 em 2016 para 13.150 no ano passado. Em janeiro e fevereiro deste ano foram 1942.

 

Confira também

Bolsonaro conclui nomes para a Esplanada dos Ministérios

O presidente eleito Jair Bolsonaro concluiu neste domingo a escalação da sua futura Esplanada dos Ministérios, ao ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *