Início / Últimas Notícias / Mais de R$ 80 milhões são aplicados nas rodovias da região, lembra Silvio Torres

Mais de R$ 80 milhões são aplicados nas rodovias da região, lembra Silvio Torres

Mais de R$ 80 milhões são aplicados nas  rodovias da região, lembra Silvio Torres

O deputado federal Silvio Torres (PSDB) lembrou, na entrevista concedida há poucos dias à rádio Difusora AM de São José do Rio Pardo, que o município e a região estão sendo bem atendidos pelo governo estadual no tocante ao cuidado com as rodovias.  Recordou que mais de R$ 80 milhões estão sendo investidos atualmente nas estradas que passam pelo município de São José do Rio Pardo, fazendo com que, ao término das obras, um novo eixo de rodovias esteja sendo formado desde Mogi Guaçu a São João da Boa Vista ou Mogi a Espírito Santo do Pinhal, vindo depois para Vargem Grande do Sul, São José, Mococa etc. Para o deputado, esta será a rota preferida de muitos para Ribeirão Preto, por não ter pedágio.

Silvio Torres percorreu na semana passada a rodovia São José – Grama e disse ter ficado impressionado com a movimentação de máquinas, caminhões e veículos na execução do projeto. Visitou também a rodovia São José – Mococa via Usinas, tendo a mesma percepção quanto ao andamento das obras. “E as próximas obras, mas dentro do mesmo projeto, serão feitas na avenida Lupércio Torres, na avenida Brasil e na avenida Perimetral”, prosseguiu, lembrando ainda que a rodovia SP 350, no trecho para Tapiratiba, foi recapeada.

“Mas também a boa notícia é que a SP 211, que é aquela estrada de terra que o governador autorizou a fazer a perenização e que liga São José a Divinolândia, terá esse serviço.  Ela tinha tido a licitação suspensa e eu fiquei intrigado. Fui ao secretário de Transportes e acabamos descobrindo que tinham sido suspensas todas as obras de asfalto. E esta que não era de asfalto foi incluída, mas aí, rapidamente, ele resolveu isto, já deve ter publicado o edital de licitação e será uma obra de R$ 3 milhões. Assim como está previsto no orçamento do ano que vem a recuperação da estrada que liga São Sebastião da Grama – Divinolândia – Caconde, como também a rodovia Tapiratiba – Caconde.  Isso praticamente fecharia as demandas que a região tem aqui acerca das obras rodoviárias e é bom lembrar que nenhuma terá tem pedágio porque são investimentos diretos do governo estadual”.

Sobre a Feuc

O deputado disse ter cobrado recentemente a obra prometida pelo então vice-governador Márcio França no prédio da Feuc, situado nas proximidades da escola técnica Paula Souza. “Prometeram que iam iniciar e se até a semana que vem isso não ocorrer, cobrarei outra vez isso”, garantiu. “Lá serão implantados os cursos denominados Etecri, que envolvem criatividade, sendo cursos rápidos de qualificação das pessoas e que serão ministrados pela nossa Etec. Isso também permitirá que a Feuc recupere o seu prédio, que está lá sem utilização há tanto tempo”.

Lembrou ainda na entrevista que colocou uma previsão orçamentária de R$ 250 mil para que a Feuc implante o curso de Agronomia, curso este que o próprio Silvio Torres havia colaborado na sua aprovação junto ao Conselho Estadual de Educação. “Estamos todos em uma cruzada para que a nossa Feuc seja recuperada e se complete como um órgão de ensino superior que a cidade sempre quis”.

Confira também

O Judiciário no olho do furacão

O Judiciário no olho do furacão   A emocionalidade e a vitimização criadas ao redor ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *