Início / Últimas Notícias / Gripe: sem vacina, cidade aguarda novo lote

Gripe: sem vacina, cidade aguarda novo lote

Gripe: sem vacina, cidade aguarda novo lote

E o município está tendo macacos mortos, mas não por causa da febre amarela

 

Todas as vacinas que São José do Rio Pardo dispunha nos postos de saúde para a campanha contra a gripe se esgotaram na semana passada. E a Divisão Regional da Saúde (DRS) de São João da Boa Vista também estava sem vacina até a última quarta-feira, 27 de junho, não podendo, portanto, suprir a região no momento. A explicação é que o lote recebido anteriormente era para o grupo de risco.

Gisele Flausino, enfermeira da Vigilância Epidemiológica, disse que a DRS estava esperando receber um novo lote de vacinas de São Paulo nesta sexta-feira, 29 de junho. São José do Rio Pardo ficou de buscar sua nova cota segunda-feira, 2 de julho, para que a partir da terça-feira, dia 3, a campanha tenha continuidade no município. “Porém a gente ainda não sabe o quantitativo que será liberado para nós”, ressalvou a enfermeira.

Abaixo da meta

Segundo ela, a campanha de vacinação em São José chegou a 84,88% do público alvo previsto para este ano, mas o ideal, de acordo com o Ministério da Saúde, é que atinja entre 90% a 95%, pelo menos. Gisele disse que as crianças de 6 meses e menores de 5 anos, os idosos e as gestantes não atingiram a meta. Já os professores e trabalhadores da área da saúde tiveram 100% da vacinação programada para as duas categorias.

Como a campanha voltou a ser prorrogada até este final de semana, a faixa etária para idosos foi ampliada de 50 para 59 anos de idade e para crianças, de 5 anos para 9 anos. “Existe uma resistência, um preconceito, ainda muito grande dos pais para com a vacina, que é totalmente segura. Eles têm resistência em trazer as crianças para vacinar”, lamentou a enfermeira.

Quando as vacinas forem novamente disponibilizadas no município, a aplicação será feita no Centro de Saúde das 7 horas às 16 horas, de segunda a sexta-feira. No PSF do Vale do Redentor será das 8 horas às 14 horas e no do Cassucci, das 10 horas às 15 horas.

Foto Gisele da Saúde

Gisele diz que o novo lote deve estar disponível para aplicação a partir de terça-feira

 

 

BOX

Macacos estão sendo

mortos no município

São José do Rio Pardo está registrando casos de macacos mortos no município. Esses casos foram enviados para análise e, até o momento, os resultados foram negativos. Gisele Flausino explica que há sinais de que esses macacos foram mortos por agressão e não por estarem com a febre amarela.

“O macaco não transmite a doença. Quem a transmite é o mosquito que pica o macaco. Se as pessoas continuarem a matar esses animais, chegará um momento em que os mosquitos não terão mais macacos para picar e passarão a picar os seres humanos”, alertou a enfermeira.

Mesmo assim, uma parcela considerável da população rio-pardense continua sem tomar a vacina, que não está em falta no município. Ela é aplicada em dose única e vale para toda a vida. A faixa etária indicada para isso é acima de 9 meses de idade; nos que tem acima de 60 anos, é aplicada naqueles que não possuem contraindicação clínica.

 

Spin chega e Prefeitura anuncia

a compra de Van e um ônibus

A Prefeitura rio-pardense tem investido na melhoria do transporte de pacientes. Em abril adquiriu 7 veículos modelo Fiat Mobi e, nesta semana, o prefeito fez a entrega de um veículo Chevrolet Spin.

Além destes veículos, está em fase de compra também uma Van de 16 lugares e um ônibus, também para o transporte de pacientes para outros municípios.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, a Secretaria de Saúde está providenciando ainda a reforma dos bancos do ônibus atual, que é usado principalmente no transporte de pacientes para o AME de Casa Branca.

O veículo apresentado esta semana também será usado no transporte de pacientes

 

Confira também

Plantio de mudas neste sábado

Prefeitura Municipal São José do Rio Pardo   Plantio de mudas  neste sábado A Secretaria de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *