Início / Últimas Notícias / Gripe: Dia D de vacinação é neste sábado

Gripe: Dia D de vacinação é neste sábado

Gripe: Dia D de vacinação é neste sábado

Cinco pontos de vacinação fazem a vacina aos grupos prioritários da campanha

 

É neste sábado, 12 de maio, o Dia D de vacinação contra a gripe em todo o Brasil, quando haverá o mutirão para vacinação aos grupos prioritários. Em São José do Rio Pardo o mutirão tem equipes da saúde trabalhando no PSF Vale do Redentor, PSF Cassucci, PSF Domingos de Sylos, PSF Vila Formosa/São Domingos e Centro de Saúde. Os postos de vacina funcionam das 8 às 17 horas. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3682-9389.

Iniciada no dia 23 de abril em todo o país, a campanha nacional de vacinação contra a gripe, que inicialmente foi direcionada a idosos e funcionários da saúde, entrou depois em nova etapa. Nela foram incluídas crianças menores de 5 anos, gestantes, puérperas (que tiveram filho recentemente). Até o dia 3 de maio haviam sido vacinadas 3.351 pessoas no Centro de Saúde de São José do Rio Pardo, fora os que receberam a vacina no Cassucci e Vale do Redentor.

Agora, a partir desta semana, está incluído um novo público alvo: os que têm comorbidades (mais de uma doença), professores e funcionários da educação, os reclusos (detentos) e ainda todos os grupos anteriores.  As vacinas no Centro de Saúde são aplicadas sempre das 07h30 às 16 horas, de segunda a sexta-feira. A procura este ano, em São José, vem sendo considerada melhor que em relação a 2017, com tendência a aumentar por conta da inclusão do grupo de pessoas citado acima.

Contraindicação

Gisele Cristina Santos Flausino, enfermeira e coordenadora da Vigilância em Saúde em São José do Rio Pardo, explicou a contraindicação à vacina, ou seja, pessoas que devem evitar ser vacinadas:  alergia comprovada a ovo e possível reação anterior à vacina. “A vacina é segura, não provoca doenças e nem reação muito acentuada. O que pode acontecer, de acordo com o sistema imunológico de cada pessoa, é ter uma pequena febre em até 72 horas após a aplicação”, comentou.

A campanha vai até 1º de junho (caso não seja estendida por decisão do Ministério da Saúde) e a vacina é considerada muito importante porque dura apenas um ano. Quem foi vacinado em 2017 não está imunizado este ano e necessita receber uma nova dose.

Gisele Flausino

A enfermeira Gisele Flausino: “Vacina é segura e não provoca doenças”

Moradora recebe a vacina no Centro de Saúde: procura é grande este ano

Confira também

Oposição fala em ‘pedalada fiscal’ em 2017

Oposição fala em ‘pedalada fiscal’ em 2017 Prefeito Ernani diz que não se manifestará enquanto ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *