Início / Últimas Notícias / Administração lamenta ataques a Márcia Biegas
Marcia Biegas

Administração lamenta ataques a Márcia Biegas

Administração lamenta ataques a Márcia Biegas

Prefeitura reitera que nomeação de Antônio José Manrique foi para o cargo de diretor

 

Marcia Biegas

A Prefeitura divulgou esta semana uma nota oficial lamentando os boatos e notícias falsas de que a secretária municipal de saúde, Márcia Biegas, esteja demissionária. A administração diz que “pessoas de má índole” vem se ocupando em atacar os quadros da administração na tentativa de desestabilizar as atividades da Prefeitura e reitera que a nomeação de Antônio José Manrique foi para a função de diretor administrativo e não para o cargo de Márcia. A íntegra da nota da administração foi a seguinte:

“Em respeito aos cidadãos, em respeito às instituições parceiras, em respeito aos servidores da pasta, a Prefeitura de São José do Rio Pardo esclarece e enfatiza que a secretária municipal de saúde tem como titular a sra. Márcia Biegas. A administração lamenta que pessoas de má índole venham espalhando boatos e notícias falsas de que a secretária municipal de saúde esteja demissionária. O Executivo municipal reafirma sua confiança no trabalho ora realizado pela sra. Márcia Biegas, aproveitando para informar que o sr. Antônio José Manrique foi convidado para ocupar o cargo de diretor administrativo, portanto, para juntar-se à equipe comandada por Márcia Biegas. A Prefeitura lamenta que pessoas de má índole se ocupem em atacar os quadros da administração, numa tentativa de desestabilizar as atividades, prestando um desserviço ao município”.

Na Câmara

A secretária Márcia Biegas, da Saúde, esteve na Câmara Municipal na noite de terça-feira, 27 de março, atendendo convocação da Casa para prestar esclarecimentos sobre as atividades da pasta. Márcia, que chegou às 19h30, aguardou até às 22 horas, mas precisou se retirar por conta da demora da reunião e por compromisso particular.

A Tribuna Livre, que nas semanas anteriores vinha sendo realizada no início da sessão, acabou sendo transferida para o final. Na semana anterior, por exemplo, o secretário de Agricultura, Carlos Ricardo Dias de Souza, falou aos vereadores logo no início da sessão, encerrando sua participação por volta das 22 horas.

Confira também

O Judiciário no olho do furacão

O Judiciário no olho do furacão   A emocionalidade e a vitimização criadas ao redor ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *