Início / Regionais / 34 anos para autor de estupro em Poços- Vejam esta e outras notas no Plantão de Policia

34 anos para autor de estupro em Poços- Vejam esta e outras notas no Plantão de Policia

34 anos para autor de estupro em Poços

J.F.R. abusou da enteada de 14 anos em junho de 2018 e até filmou o ato

Um homem de 29 anos foi considerado culpado pelo estupro da enteada de 14 anos em Poços de Caldas e foi condenado, há poucos dias, a 34 anos de prisão em regime fechado. O crime aconteceu em junho de 2018. Da condenação em primeira instância de J.F.R., no entanto, ainda cabe recurso. Ele cumpria pena desde 15 de junho, quando foi preso em flagrante delito.

O estupro aconteceu em um Conjunto Habitacional situado na zona sul de Poços de Caldas. J.F.R. teria bebido no dia do crime e abusado da enteada no banheiro da casa em que viviam. Em depoimento ele assumiu ter cometido o crime e disse também ter gravado o abuso sexual em seu celular – fato usado pela acusação contra ele.

J.F.R. no momento em que saía da viatura para comparecer à audiência

  

Polícia Civil apreende arma de brinquedo similar a uma pistola

Na manhã de 11 de outubro a Polícia Civil, através do investigar Mancuso, apreendeu em poder de PPGA, de 24 anos, uma arma de brinquedo do tipo pistola (simulacro), que estava no interior de seu veículo. A arma foi apresentada à Delegacia de Polícia, onde o delegado Mauro Bacci fazia plantão.

Foi feito o boletim de ocorrência relativo à apreensão e, em seguida, PPGA foi liberado. A Polícia Civil avisa, no entanto, que o uso de arma de brinquedo em roubos têm o mesmo peso de uma arma de verdade no momento em que o indivíduo for abordado. Ou seja, é considerado ilegal do mesmo jeito.

Idêntica à arma de verdade, a pistola de brinquedo foi apreendida na delegacia

  

Comprou por R$ 600 uma motocicleta 2012 roubada

Na manhã de quarta-feira, dia 10, a Polícia Militar foi até a Rua José de Souza Guimarães, na Vila Formosa, para verificar uma denúncia de que uma motocicleta com queixa de roubo estaria no local. Ao chegar ao endereço os policiais viram a moto: uma moto Honda Biz 125, ano 2012, de cor preta, que estava sendo conduzida por um homem, PHV, de 25 anos.

Ao ser indagado ele informou que havia comprado a moto de um individuo pelo valor de R$ 600,00 e que o mesmo teria levado a moto até a sua casa. Disse ainda que após pagar o dinheiro, não teve mais contato com o vendedor, de nome Leandro. Em consulta via Prodesp ficou confirmado que a moto era fruto de roubo.

Diante disso tudo PHV recebeu voz de prisão pelo crime de receptação e foi conduzido à Delegacia de Polícia, sendo que, após o delegado tomar ciência dos fatos, não ratificou a voz de prisão, sendo PHV liberado e a moto recolhida ao pátio.

 

Dono de borracharia acha objetos dele em ferro velho

No dia 10, na Avenida Maria Aparecida Salgado Braghetta, um homem de 49 anos VJE, disse à polícia militar ser dono de uma borracharia na Avenida Antônio Pereira Dias e que haviam roubado do local alguns pertences: um par de bancos, duas rodas aro 13, um disco de freio de Fusca e uma parte do peito de aço de um Kadett. Disse ainda que como já havia tido prejuízo em data anterior e que resolveu ir até um ferro velho na Vila Formosa, onde viu que os objetos roubados estavam no local, inclusive um botijão de ar seu.

No referido ferro velho uma mulher, EAG, de 32 anos, disse que trabalha no local junto com o irmão e que desconhecia a origem dos objetos. Os policiais Roberta e Vinícius apresentaram a ocorrência na Delegacia de Polícia e quando ali estavam apareceu um homem, AG, de 43 anos, dono do depósito de sucatas, que afirmou que por volta das 3 da manhã dois indivíduos foram até o local oferecendo sucata para vender; ele teria dito a eles que poderiam deixar tudo ali, pois só veria o que era pela manhã. Afirmou ainda que não chegou a comprar os objetos. Foi feito o boletim de ocorrência.

 

PM divulga mais detalhessobre prisão dos bandidos

Conforme divulgado na edição anterior, foram presos na semana passada dois autores de roubos recentes ocorridos no comércio de São José do Rio Pardo: MVBR, de 18 anos, e LSF, de 31 anos. Nesta semana a polícia militar divulgou mais detalhes dessas prisões.

Segundo ela, na sexta-feira, dia 5, por volta das 15h30, o sargento Gilmar e o soldado Cândido foram até a casa de LSF e acharam a motocicleta Honda ano 2007 e um dos capacetes utilizados nos roubo. Questionado sobre os assaltos, ele confessou sua participação e levou os militares até o segundo infrator, MVBR, que também acabou por confessar sua coautoria nos delitos.

Juntos, informaram onde estava escondida a arma usada nos crimes e levaram os policiais até a estrada de terra no Sitio Novo, onde a arma foi localizada: estava escondida atrás de uma placa de sinalização, sendo uma garrucha de dois canos, calibre 380, sem numeração.

Após localizar a arma dos crimes, os dois autores confessaram que participaram dos roubos no Açaí e Cia, Padaria Santa Rita, em uma quitanda e no Posto Belmonte, tendo queimado as roupas para não serem reconhecidos. Na casa de MVBR foi encontrado um celular Samsung e uma nota de R$ 100 roubada no Açaí e Cia.

Diante de tudo isso os dois foram levados para a Delegacia, onde o delegado confirmou a prisão já dada pelos policiais militares.

 

Pai, filha e a amásia se envolvem em agressões

Houve briga (física) em uma casa localizada na Rodovia Prefeito Lupércio Torres no dia 5. Um homem de 65 anos, ACC, disse que manteve um relacionamento de dois anos com uma mulher, VLP, de 49 anos e que devido aos constantes desentendimentos se separou dela. A mulher, segundo ele, não aceita a separação e ameaça se matar.

A filha do homem, CC, de 40 anos, foi até a casa dele e encontrou a ex-amásia, VLP, lá e esta a teria ofendido com palavrões. Os ânimos se exaltaram e a briga física não demorou a ocorrer. VLP  diz que ela é que foi ofendida e recebido palavrões.

As partes foram orientadas em relação às medidas cabíveis e foi feito o boletim de ocorrência.

 

Homem é agredido pelo irmão com uma facada

No último dia 6 de outubro, sábado, por volta das 21 horas, a polícia militar dirigiu-se até a Rua José de Souza Guimarães, na Vila Formosa. No local ouviram o depoimento de um homem, NR, de 38 anos, que disse ter se desentendido com seu irmão por motivos familiares e que, logo em seguida, foi agredido pelo mesmo com uma facada na região do abdômen. Ele foi socorrido e levado pelo Samu ao Pronto Socorro,, onde permaneceu em observação. Foi feito o boletim de ocorrência.

 

Relógio de energia elétrica de igreja atingido com tiros

Na manhã do último dia 6 a polícia militar foi chamada à Rua Aldo Moro, na Igreja Avivamento Bíblico. Uma mulher, PRCS, de 35 anos, disse que por volta de 3 horas da manhã ouviu barulhos semelhantes aos do estouro de escapamento e, em seguida, sua casa, próxima à igreja, ficou sem energia. Ao amanhecer ela foi verificar o relógio de luz e este havia sido atingido com tiros e por isso chamou a Policia. Foi registrado o boletim de ocorrência.

 

Adolescente de 16 anos épreso com drogas no Vale

Na tarde de domingo, dia 7, por volta das 13 horas, a polícia militar realizava patrulhamento preventivo próximo à Escola Laudelina por causa das eleições quando viu um rapaz dentro de uma quadra. Com 16 anos de idade, ele foi revistado e tinha em seu poder 15 pinos de cocaína e 11 pedras de crack, escondidas em sacos plásticos. Questionado, disse ter começado a traficar para ajudar a família. Recebeu voz de apreensão e foi levado até a Delegacia, onde sua mãe também foi chamada. O rapaz permaneceu detido e à disposição da Justiça.

Confira também

Câmara homenageia a equipe paraolímpica

Câmara homenageia a equipe paraolímpica Sérgio Henrique Brás fez um relato do projeto e pediu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *