Início / Cidade / Vacinação contra a raiva começou na cidade

Vacinação contra a raiva começou na cidade

Gratuita, ela irá até 11 de setembro, com o calendário já definido

Vacinação (2)

Começou nesta segunda-feira, 15, e vai até o dia 11 de setembro, na zona urbana do município, a campanha gratuita de vacinação antirrábica de cães e gatos. A informação é da médica veterinária do Centro de Controle de Zoonoses de São José do Rio Pardo, Maria Angela Dal Bon Salvadori.  Segundo ela, o objetivo é atingir 80% de cobertura.

“Estamos calculando e deveríamos fazer 80% de uma cobertura pensando em 13 mil animais, mas não sei como será nesse ano por causa de todos os anos que ficaram sem campanha. Então estamos sem uma estimativa”, admitiu.

A veterinária garante que a equipe trabalha para realizar uma vacinação “de extrema qualidade, para não termos problemas com as vacinas, com a garantia imunológica que ela tem que ter, a temperatura que ela deve estar, sendo adequada. Queremos que seja uma vacinação tranquila, sem problemas de estresse com os animais.”

Maria Angela diz que em São José do Rio Pardo não houve casos de raiva canina e nem felina nestes últimos anos. Mesmo assim, o vírus da doença continua circulando no município e região, até porque em 2015 um morcego, que foi capturado e submetido a exame, deu resultado positivo.

Cães e gatos a partir de três meses de idade é que deverão ser vacinados. Os gatos, no entanto, deverão ser colocados em gaiolas ou sacos para não arranharem os aplicadores e mesmo os próprios donos. A vacina deste ano é importada da Argentina.

Início dia 12

A campanha no município começa dia 12 de setembro na zona rural e será feita de casa em casa. O término está previsto para o dia 15 de outubro e os donos dos animais devem levar a carteirinha. Caso não a tenham, receberão um cupom comprovando que o procedimento foi feito.

Quem, porém, tiver grande quantidade de cães e/ou gatos e não puder levá-los aos pontos de vacinação, deve ir ao Posto de Saúde mais próximo e agendar. A aplicação, entretanto, só ocorrerá após a campanha na zona rural.

Fonte: Gazeta do Rio Pardo

Confira também

‘Ele salvou a vida do meu filho’, diz mãe sobre rottweiler que alertou convulsão

Menino de 6 anos estava dormindo quando começou passar mal Por Aline Ferrarezi, do G1 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *