Início / Cidade / Suicídio ainda é negligenciado no Brasil

Suicídio ainda é negligenciado no Brasil

Suicídio ainda é negligenciado no Brasil

O suicídio é um assunto de saúde pública, altamente negligenciado no Brasil e em boa parte do mundo, com taxas crescentes em nosso país nas últimas décadas. Ainda não há políticas públicas nacionais de prevenção do suicídio. E lutar por políticas públicas eficazes e efetivas é lutar para a prevenção do suicídio, dizem estudiosos do assunto.

É um assunto que, em pleno século XXI, ainda é tabu. Um estigma milenar com raízes histórico-culturais, que dificulta que a sociedade, as mídias, as famílias, falem dele abertamente. Dificulta também a existência de investimentos adequados em pesquisa e uma melhor compreensão do problema. Lutar contra o estigma é também lutar pela prevenção do suicídio, prosseguem os estudiosos.

Como entender o recente fenômeno da auto-multilação nos jovens e adolescentes e o aumento nas taxas de suicídio nessa faixa etária? Como entender o contágio do suicídio? Por que alguns grupos específicos parecem ter risco maior de comportamento suicida do que outros? Como prevenir o suicídio nesses grupos? Estes e outros temas serão, provavelmente, debatidos no evento do dia 22 em São José do Rio Pardo.

 

Confira também

Orquídeas e Festival de Cachaça em dezembro

Orquídeas e Festival de Cachaça em dezembro Será a sétima edição da Exposição de Orquídeas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *