Início / Cidade / Ruas de paralelepípedo: não houve consenso

Ruas de paralelepípedo: não houve consenso

Ruas de paralelepípedo: não houve consenso

A audiência pública ocorrida terça-feira, 30 de outubro, na Câmara Municipal, para apresentar o projeto do Executivo de pavimentação de 32 ruas de paralelepípedo não teve consenso. Se o prefeito não retirar o projeto, ele será votado pelos vereadores na próxima reunião da Câmara, dia 6 de novembro.

Houve críticas ao projeto, considerado desnecessário por alguns e amplo demais por outros, com ponderações de que é preciso primeiro pavimentar as ruas de terra ainda existentes na cidade – ao lado do Profast, por exemplo, no Cassucci.

Alguns vereadores, como Luiz Henrique Tobias, ponderam que seria melhor definir algumas ruas mais íngremes de paralelepípedo – como a das Boninas (uma das mais inclinadas e escorregadias da região central) e a Ruy Barbosa (rua da Polícia Militar, também escorregadia em tempo de chuva) -, entre outras, para receberem asfalto.

Outros vereadores, como Kocian, cobram primeiro a pavimentação das ruas de terra.

 

 

 

Novo recapeamento de rua é iniciado

Começaram os serviços para recapeamento da rua Francisco Rueda, uma das principais ligações entre a região do Vila Verde, Maria Boaro e Jardim dos Ypês. O asfalto antigo está sendo removido para que nova camada asfáltica seja aplicada.

A obra será executada com recursos estaduais alocados pelo deputado estadual Chico Sardelli, no valor de R$175 mil. De acordo com a Secretaria de Obras, a Prefeitura aguarda pela liberação de recursos para executar um amplo trabalho de conserto e recuperação das demais ruas do bairro.

A rua Francisco Rueda, na região do Vila Verde, está sendo recapeada

 

Confira também

Câmara homenageia a equipe paraolímpica

Câmara homenageia a equipe paraolímpica Sérgio Henrique Brás fez um relato do projeto e pediu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *