Início / Cidade / Fisioterapia ortopédica para posturas erradas

Fisioterapia ortopédica para posturas erradas

Fisioterapia ortopédica para posturas erradas

Crianças e adolescentes estão com corpo curvado pelo uso incorreto de celular

 

Fisioterapia ortopédica é o tema dessa entrevista do jornal com o fisioterapeuta Douglas Bocamino. A entrevista, gravada pelo repórter Luis Fernando, abordou, entre outras questões, um problema que tem se repetido nos últimos anos entre crianças e adolescentes: o desenvolvimento postural inadequado, que pode acarretar em um corpo curvado na idade mais avançada se não for corrigido a tempo.

“Hoje, se vocês notarem, os adolescentes ficam muito em celulares, computadores ou até mesmo estudando longos períodos na escola e vão adquirindo aquela postura curvada, que é a cifose. Se você não estiver corrigindo, se não fizer um trabalho de correção postural com fortalecimento localizado, isso pode causar danos futuros”, comentou. “Hoje a fisioterapia é importante em todas as fases da vida e, mesmo depois de velho, a manutenção de exercícios preventivos pode prevenir a hérnia de disco, de artrite ou artrose, entre outras patologias”.

Prevenção

Douglas enfatizou que a fisioterapia que está em alta hoje é a preventiva, ou seja, a que previne futuras lesões e dores nas diversas partes do corpo humano. Ele cita, por exemplo, as tendinites e as LERs (lesões por esforço repetitivo). Em pessoas idosas essas patologias são comuns por serem acumulativas, ocorrendo inúmeras vezes no decorrer dos anos, mas em adolescentes é mais fácil preveni-las.

Na clínica do fisioterapeuta os pacientes têm idade muito variada, começando de um menino com 11 anos e indo até uma pessoa com 87 anos. Há, dentre eles, portadores de hérnia de disco, os quais não podem frequentar uma academia sem ter um acompanhamento especializado e recebem, por isso, uma atenção específica ao problema que possuem.

Fisio para atletas

Douglas lembrou, por fim, que é especializado também em reabilitação avançada em atletas. O trabalho que ele faz é para acelerar a recuperação de problemas, por exemplo, de entorses no joelho ou em tornozelo.

Ao final da entrevista ele deixou uma mensagem aos leitores: “Minha dica é que se preocupem com a saúde em primeiro lugar, porque a partir dela é que poderemos ter uma qualidade de vida excelente. Não adianta nada ficar se matando aí atrás de dinheiro, porque o que nos move é ter uma boa saúde”.

Douglas também faz um trabalho especializado na recuperação de atletas

Confira também

Câmara homenageia a equipe paraolímpica

Câmara homenageia a equipe paraolímpica Sérgio Henrique Brás fez um relato do projeto e pediu ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *