Início / Cidade / FEUC Solidária irá pela 1ª vez ao campo

FEUC Solidária irá pela 1ª vez ao campo

FEUC Solidária irá pela 1ª vez ao campo

Centro Rural do Sítio Novo acolherá o evento desta vez, no período da tarde

Acontece neste sábado, 22 de setembro, das 14 horas às 17 horas, no Centro Rural do Sítio Novo o evento FEUC Solidária no Campo, organizado pelos professores, funcionários e alunos da Faculdade Euclides da Cunha. Esse evento, que sempre foi promovido pela tradicional instituição de ensino em áreas urbanas da cidade, terá desta vez a sua primeira edição rural em São José do Rio Pardo. Nas edições anteriores, praças de alguns bairros da cidade é que foram sede do evento.

“Este ano vamos fazer a edição do FEUC Solidária no campo e o local escolhido foi o Sítio Novo”, confirmou Leiri Valentin, diretora acadêmica da faculdade. “Teremos no local um bazar beneficente, brinquedos para as crianças, oficinas de leitura, brincadeiras, jogos e farta distribuição de pipoca e algodão doce aos presentes”.

Todos os alunos do diversos cursos da FEUC estarão presentes nesta convivência com os participantes e todos os moradores da região do Sítio Novo e adjacências estão sendo convidados a participar. Como a diretora mencionou, haverá atividades para praticamente todos os públicos, a começar das crianças, além de muito esporte e guloseimas a quem passar pelo local em que estiverem acontecendo as atividades.

FOTO Logo FEUC

 

Meio Ambiente, tema de aula  da FEUC no Tiro de Guerra

A diretora da FEUC, professora Leiri Valentin, que tem mestrado e doutorado na área de Educação Ambiental, esteve durante esta semana no Tiro de Guerra 02 038 para uma aula sobre meio ambiente. A convite do 1º sargento Cláudio Luiz Tokarsky, a professora falou aos atiradores sobre as questões fundamentais que envolvem o meio ambiente.

“O perigo se faz presente na comida envenenada que ingerimos, no ar poluído que respiramos, na perda de biodiversidade, no empobrecimento da população, no aumento exagerado de doenças, entre muitos outros”, explicou ela aos atiradores presentes.

A temática ambiental, que está presente nos estudos que os atiradores recebem durante o serviço militar no TG, é considerada de fundamental importância por conta do atual nível de contaminação da água, do ar, solo e da maioria dos alimentos que consumimos, ressaltou Leiri.

Interagindo com os atiradores, que se mostraram conscientes da situação em que vivemos, a professora finalizou sua apresentação com esse pensamento: “Hoje, temos uma natureza a ser cuidada, a ser preservada e valorizada. Devemos tratar a terra com respeito, como essencialmente sagrada, algo que deve ser sempre um mistério, um poder que devemos confiar e não dominar”.

Discussões como esta, na avaliação dela, precisam estar presentes nas escolas porque a educação ambiental, numa perspectiva crítica, desponta como um processo essencial na busca de uma reflexão profunda sobre os atuais modelos de relação sociedade-natureza e em uma possível alteração de tais padrões.

Leiri Valentin falou aos atiradores sobre a situação do meio ambiente no planeta

 

 

 

 

Confira também

Plantio de mudas neste sábado

Prefeitura Municipal São José do Rio Pardo   Plantio de mudas  neste sábado A Secretaria de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *