Início / Cidade / Dia do Agricultor tem missa e Ecovida

Dia do Agricultor tem missa e Ecovida

Dia do Agricultor tem missa e Ecovida

Denizar Coelho celebrou a missa e Ecovida teve presença da familia do dr. Gastão

 

Foi realizada domingo, 29, pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, uma missa na Feira do Produtor em comemoração ao Dia Nacional do Agricultor – lembrado em 28 de julho. Também no evento ocorreu o lançamento oficial do projeto Ecovida Rio Pardo, que homenageia o médico Gastão Roberto da Cunha (falecido).

O projeto consiste em doar uma muda de árvore à família de cada criança que nascer no município, para que a própria família, ou a Secretaria da Agricultura, plante a muda em algum local. A Cooxupé tornou-se parceira do projeto e já doou 1000 mudas à Secretaria da Agricultura, quantidade suficiente para atender a demanda até o final deste ano, pelo menos.

Participaram vários produtores rurais, feirantes, gente da comunidade e convidados, além de autoridades como o prefeito Ernani Vasconcellos, o vice Reinaldo Milan, secretários municipais e alguns vereadores.

A celebração da missa foi realizada pelo monsenhor Denizar Coelho, que destacou o papel da mulher na sociedade como um todo e especialmente na agricultura. Mencionou a necessidade de ações de governo para favorecer a permanência do homem no campo, como forma de evitar que sejam envolvidos nos problemas sociais dos centros urbanos.

Quanto ao projeto Ecovida, a proposta é que, a cada criança nascida no município, uma árvore seja plantada. A homenagem do projeto ao dr. Gastão é um reconhecimento a tudo o que ele fez enquanto viveu em São José do Rio Pardo. Dr. Gastão faleceu em julho de 2015, aos 88 anos de idade. Familiares dele marcaram presença para prestigiar o lançamento do projeto e fazer a entrega simbólica da primeira muda de árvore a uma família.

Pela proposta do Ecovida Rio Pardo, as mudas serão doadas pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com a Cooxupé e Fundação de Pesquisa Agrícola. Carlos Ricardo Dias de Souza, o Cadão, secretário da pasta, disse que já na maternidade as famílias serão informadas sobre a existência do projeto, e poderão retirar a muda para plantio em local a ser indicado pelo próprio município e parceiros da ação.

O evento teve ainda homenagem a famílias de produtores rurais do município.

FOTO

Prefeito Ernani e a viúva do dr. Gastão, dona Teresinha, com familiares ao fundo

Carlos Ricardo Dias de Souza (Cadão) dirigiu a solenidade em homenagem ao agricultor

 

BOX

‘Olho do dono é que engorda o boi’, lembra Denizar Coelho

O monsenhor Denizar Coelho disse, em entrevista ao jornal, que o êxodo rural “entristece e é uma ameaça porque é o olho do dono que engorda o boi”. Além disso, segundo lembrou, a presença dos proprietários ou moradores na zona rural dificulta roubos. Como convencer as pessoas, porém, a retornarem para lá, ele afirmou não ter a resposta. Na entrevista ao jornal, concluiu dizendo que os meios de comunicação atuais “são bons, mas trazem muito veneno também, por isso é preciso coragem para enfrentar os flagelos da vida”.

Falando ao repórter Luis Henrique Tobias, o prefeito Ernani Vasconcellos, presente na solenidade, parabenizou a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente pelo trabalho que vem sendo feito no município em sua gestão. Lembrou que São José é alicerçada ainda na agricultura e, por isso, uma atenção especial tem sido dada por aquela Secretaria às estradas rurais, inclusive com a compra recente de uma nova máquina patrol.

Carlos Ricardo Dias de Souza, o Cadão, secretário de agricultura e maio ambiente, considerou a missa realizada na Feira do Produtor um encerramento de ouro de toda a programação voltada ao agricultor, que incluiu o Diagnóstico Rural no município. Frisou que o levantamento do Diagnóstico Rural não significa que a Prefeitura tenha condições de resolver todos os problemas apontados pelos agricultores, mas talvez alguns. Lembrou que sua pasta é a que tem menos recursos financeiros, mas é a que responde pelo setor da economia municipal responsável por 70% do PIB local. Ele fez um convite aos produtores: “Aqueles que tiverem intenção de ser prestigiados e de participarem do Diagnóstico Rural, é só nos procurar na Secretaria e faremos lá mesmo o levantamento. Esse trabalho terá continuidade este ano, o que foi feito foi só o alicerce disso”, explicou.

FOTO

Denizar Coelho falou da importância da agricultura e do agricultor aos presentes, em sua pregação

 

Confira também

Bolsonaro conclui nomes para a Esplanada dos Ministérios

O presidente eleito Jair Bolsonaro concluiu neste domingo a escalação da sua futura Esplanada dos Ministérios, ao ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *